Stock Jr: ZF Racing e Vicar apresentam novo carro da Stock Jr

A ZF Racing, fabricante dos carros utilizados nas três categorias da Stock Car, e a Vicar Promoções Desportivas, promotora e organizadora da Stock Car Brasil, apresentaram nesta sexta feira, 8 de dezembro, por ocasião da última etapa da Categoria em Interlagos, o novo carro da Stock Jr., a ser utilizado na próxima temporada de 2007.


As mudanças afetam somente a parte externa do carro, uma vez que, do ponto de vista mecânico, nenhuma modificação foi feita no veículo. Trata-se, portanto, da mesma gaiola e suspensão, com o mesmo motor Yamaha 1.3 utilizado na temporada de 2006, mas dotada de uma nova e arrojada carenagem. Esta nova carenagem permitirá com que o carro fique, do ponto de vista técnico, com uma melhor aerodinâmica e funcionalidade, e do ponto de vista estético, muito mais bonito, com linhas arrojadas e agressivas, atraindo ainda mais atenção para a categoria.

Esta carenagem foi totalmente projetada pela Engenharia da ZF Racing, com o auxílio de modernos softwares fornecidos pela Solid Works, renomada empresa norte-americana fornecedora de tecnologia para projeto e desenvolvimento nas mais variadas áreas de engenharia, dentre elas, a indústria automobilística. As fibras utilizadas também foram fabricadas pela ZF Racing, com modernos processos de fabricação de desenvolvimento próprio, feitos a partir de moldes muito precisos, fresados em poliuretano de alta densidade com auxílio de máquinas tipo CNC (controle numérico), o que permite ajustes precisos e fibras extremamente delgadas e leves.

A Stock Jr. foi introduzida na Stock Car na temporada de 2006, a partir de um chassis e motorização de uma categoria já existente nos Estados Unidos. O objetivo foi criar uma categoria que permitisse, não só o acesso dos jovens pilotos vindos do Kart, mas também criar uma oportunidade de um hobby para os pilotos veteranos, daí a criação das categorias pró e master respectivamente. O grande diferencial da categoria é o baixo custo, aliada a alta competitividade e um excelente desempenho dos carros, o que permite criar condições de um ótimo aprendizado para os iniciantes e diversão garantida para os veteranos e também para o público.

Segundo Zeca Giaffone, diretor geral da ZF Racing, a proposta era melhorar a aerodinâmica e a estética do veículo, objetivo este que foi totalmente atingido.Os carros da Stock Jr. sempre se mostraram extremamente competitivos, atingindo a nossa meta, que era proporcionar ao piloto jovem e ao piloto veterano uma oportunidade de participar de um grande evento automobilístico como é a Stock Car, com baixos custos e grandes possibilidades de aprendizado. Para o público, conseguimos oferecer um grande espetáculo, na medida em que as corridas têm sido sempre disputadas pára-choque com pára-choque, quase sempre decididas nas últimas voltas, devido à igualdade de condições que a categoria permite e a ampla possibilidade de ultrapassagens, graças ao grande vácuo que estes carros geram. Se tínhamos uma vulnerabilidade, era o design do carro, carinhosamente apelidado de feinhos, conclui Zeca.

Roberto Gardano e Luiz Fernando, o Nandinho, que administram tecnicamente a categoria completam em tom divertido: Doravante, terão que conseguir um novo apelido para o carro, uma vez que, com esta nova carroceria, ele pode ser chamado de tudo, menos de patinho feio, comentam.

Para Marcos Lameirão, engenheiro projetista da ZF Racing, a parceria com a Solid Works foi de grande importância. Esta parceria foi fundamental no desenvolvimento do novo Stock Jr., uma vez que o software fornecido contempla uma ampla gama de possibilidades de projeção, tendo sido largamente empregada para a geração da superfície em 3D, que por sua vez foi enviada para um centro de usinagem, que confeccionou o modelo assim como o desenho dos componentes mecânicos. A agilidade e a precisão foram fundamentais para desenvolver este projeto em tempo recorde, salienta Lameirão.

Para Carlos Col, presidente da Vicar, a presença da Stock Jr., dentro da Stock Car, sempre foi vista sob a ótica de uma complementação dentro da categoria. Hoje, podemos dizer que a Stock Car fornece uma ampla gama de possibilidades técnicas e econômicas para os pilotos que escolhem seguir sua carreira dentro da categoria turismo. Para aqueles recém saídos do kart, que não dispõem ainda de recursos financeiros devido estarem iniciando, como também pilotos veteranos e de maior experiência, que correram em outras categorias, dentro ou fora do Brasil, todos eles encontram, dentro do nosso evento, possibilidades para correr, uma vez que temos categorias competitivas que podem caber no bolso de qualquer um deles, seja com recursos próprios, seja com recursos obtidos de seus patrocinadores, enfatiza Col.

A ZF Racing, empresa que projeta os veículos da Stock Car, escolheu a SolidWorks, líder em software de projeto mecânico em 3D e análise de projeto, para projetar os carros da Stock Car V8 e Stock Jr. Com a utilização do software CAD 3D da SolidWorks, a ZF tem como o objetivo principal modernizar os veículos da Stock Car.

O setor automotivo não é segredo para a SolidWorks, que já tem vasta experiência com diversos clientes no Brasil e no mundo. Como destaque a SolidWorks, ressalta, entre o seus clientes do setor automotivo: Koenigsegg; Visteon; Delphi; Fasttools; Bravox; AP Racing; Nissan Diesel; Marcopolo; Comil; e a Brax Automóveis S.A., fabricante 100% brasileira do LobniH1, dentre outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *