Stock: Júlio Campos marca primeiros pontos para a BVA-Scuderia 111 na temporada

Sétimo no momento da bandeirada, piloto paranaense recuperou 12 posições ao longo da prova, e começou o campeonato de maneira positiva

O paranaense Júlio Campos marcou neste domingo, em Curitiba, os primeiros pontos para a equipe BVA-Scuderia 111 na temporada 2011 da Stock Car. Largando em 19º em razão de um problema no treino de classificação, Júlio recuperou 12 posições e recebeu a bandeirada em sétimo – o que representou uma reestréia positiva para a Scuderia 111 na categoria.

“Estou contente pelo resultado porque tivemos um início de ano muito apressado, já que recebemos os carros há pouco mais de um mês e tivemos que montar toda uma nova estrutura para a Copa Caixa”, disse o piloto, lembrando que a Scuderia 111 foi a equipe campeã da categoria de acesso Copa Montana no ano passado, e volta à divisão principal da Stock Car com o suporte do Banco BVA.

Campos ressaltou, também, o esforço de toda a equipe em buscar um rápido entrosamento, o que resultou em grande evolução ao longo do fim de semana. “Naturalmente ainda temo s muito o que melhorar, mas o começo foi muito positivo. Nossa meta é entrar nos playoffs e para isso é importante marcar pontos desde já. O primeiro passo já foi dado, e agora vamos procurar manter o mesmo ritmo nas próximas etapas”, declarou o paranaense.

Toque na largada ¬- A etapa de Curitiba parecia promissora também para Alan Hellmeister, mas não se reverteu em pontos para o paulista da BVA-Scuderia 111. Tocado logo na largada por Luciano Burti, ele caiu para as últimas posições e precisou fazer uma inesperada corrida de recuperação na capital paranaense. Quando estava novamente próximo da zona de pontos, Alan abandonou a prova em razão de uma quebra de homocinética – um reflexo do acidente ocorrido na primeira volta.

“Conseguimos trabalhar realmente como uma equipe neste fim de semana e fizemos uma grande estréia. Eu naturalmente gostaria de estar na zona de pontos, e tive um carro competitivo para isso. Mas mesmo com a minha saída a etapa foi boa para nossa equipe, já que tivemos um carro na zona de pontos e conseguimos uma evolução muito grande durante o fim de semana”, declarou Hellmeister.

A Stock Car volta à ativa daqui a duas semanas, em São Paulo. O autódromo de Interlagos receberá as corridas da Copa Caixa, Copa Montana e Mini Challenge. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *