Stock: Líder do campeonato abre treinos livres como o mais rápido

Átila Abreu dominou a primeira atividade de pista no Velopark, palco da oitava etapa da temporada

As atividades de pista para a oitava etapa do Circuito Schin Stock Car tiveram início nesta sexta-feira (12/09), com um shakedown e uma sessão de treinos livres no Autódromo do Velopark (RS). Atual líder do campeonato e dono de uma vitória conquistada no circuito gaúcho (em 2011), Átila Abreu foi o mais rápido do dia, marcando sua melhor volta em 54s007. Valdeno Brito conquistou o segundo melhor tempo (54s204) e Rubens Barrichello, vice líder do campeonato, fechou a lista dos três primeiros, com 54s238. Único gaúcho no grid da principal categoria do automobilismo nacional, Vitor Genz concluiu os treinos com o 28o tempo.

“Aqui é difícil fazer uma volta perfeita e basta ver a tabela de tempos para concluir que questões de décimos ou milésimos separam os pilotos. É um desafio enorme para pilotos e equipes e o posicionamento na pista é fundamental porque o tempo todo tem alguém tirando o pé para buscar uma posição mais vantajosa para uma volta limpa. Além disso, normalmente as temperaturas são baixas e com isso a melhor volta do pneu normalmente não vem na primeira, mas na terceira, quarta ou até quinta tentativa”, comentou Átila Abreu.

O traçado de 2.278 metros de extensão está presente no Circuito Schin Stock Car desde 2010. Em cinco corridas disputadas, quatro pilotos subiram ao degrau mais alto do pódio: Ricardo Maurício, Átila Abreu, Daniel Serra (duas vezes) e Cacá Bueno.

Os 33 carros da categoria retornam à pista no sábado, para mais uma sessão de treinos livres e também para o treino classificatório, que será transmitido ao vivo pelo SporTV, a partir das 14 horas. No domingo, o SporTV mostrará as duas corridas ao vivo.

Veja como terminou o treino livre:
1. Átila Abreu (Mobil Super Racing) – 54.007
2. Valdeno Brito (Shell Racing) – 54.204
3. Rubens Barrichello (Full Time Sports) – 54.238
4. Cacá Bueno (Red Bull Racing) – 54.300
5. Allam Khodair (Full Time Sports) – 54.304
6. Max Wilson (Eurofarma RC) – 54.314
7. Julio Campos (Prati-Mico’s Racing) – 54.362
8. Galid Osman (Ipiranga-RCM) – 54.395
9. Antonio Pizzonia (Prati-Mico’s Racing) – 54.436
10. Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – 54.438
11. Rafa Matos (Hot Car Competições) – 54.509
12. Marcos Gomes (Schin Racing Team) – 54.522
13. Diego Nunes (C2 Team) – 54.553
14. Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – 54.593
15. Sergio Jimenez (Voxx Racing Team) – 54.622
16. Fabio Fogaça (Schin Racing Team) – 54.700
17. Ricardo Zonta (RZ Motorsport) – 54.752
18. Nonô Figueiredo (Mobil Super Racing) – 54.766
19. Felipe Fraga (Vogel Motorsport) – 54.772
20. Daniel Serra (Red Bull Racing) – 54.782
21. Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – 54.821
22. Alceu Feldmann (Hanier Racing) – 55.023
23. Luciano Burti (Vogel Motorsport) – 55.059
24. Lucas Foresti (RC3 Bassani) – 55.083
25. Tuka Rocha (RZ Motorsport) – 55.098
26. Denis Navarro (Voxx Racing Team) – 55.109
27. Bia Figueiredo (ProGP) – 55.122
28. Vitor Genz (Boettger Competições) – 55.223
29. Gabriel Casagrande (C2 Team) – 55.277
30. Popó Bueno (Shell Racing) – 55.288
31. Rafael Suzuki (ProGP) – 55.409
32. Vicente Orige (Boettger Competições) – 55.968
33. Beto Cavaleiro (Hanier Racing) – 57.205

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *