Stock: Líder do campeonato larga na frente em Ribeirão Preto

Líder do campeonato leva grande vantagem largando na frente no circuito de rua. Estreante Gustavo Sondermann impressiona largando em sexto

“Fiz uma volta para garantir, andando a 95% do limite e na outra resolvi abusar, dando 102% de mim e deu certo. A pole veio no lugar certo e na hora certa e foi fruto do trabalho em equipe”, comentou o piloto da AMG Motorsport (3M/Polirion/Beta). A quinta etapa da Copa Caixa Stock Car terá largada as 11h05, com transmissão ao vivo pela Rede Globo de Televisão.

Diretor esportivo da AMG Motorsport, o campeoníssimo Ingo Hoffmann ficou emocionado no momento em que Átila Abreu conquistou a sua segunda pole position. “Que volta que ele fez, no limite total o tempo todo. Esta volta tem que entrar para os anais do automobilismo, foi uma coisa lida de ser ver. O moleque é bom mesmo”, elogiou o mais jovem (23 anos) piloto da Stock Car.

Ingo aproveitou para enaltecer o desempenho de Gustavo Sondermann, que além de garantir uma excelente posição de largada, fez um ótimo trabalho com a AMG Motorsport no desenvolvimento dos dois carros. “Numa pista difícil, o Gustavo foi sensacional. Além disso ele ajudou muito a equipe com informações que deixaram os dois carros muito bons”.

“Foi uma pena eu ter que entrar cedo para a classificação porque a pista foi melhorando. A equipe está de parabéns, pois sei que temos carro para andar ainda mais a frente. Só que esta é uma categoria competitiva, complicada e não é fácil não, por isso temos que comemorar”, declarou Sondermann, que teve muito sucesso na Copa Vicar (antiga Stock Car Light) e que em Ribeirão Preto estará correndo também nas picapes da Copa Chevrolet Montana.

Átila quer aproveitar bem a vantagem de largar da pole position em um circuito estreito e técnico, com grandes dificuldades para ultrapassagem. “Largando na frente terei a visão total da pista, enxergando todas as referências e tentarei aproveitar esta vantagem. Vou poder ditar o ritmo da corrida sem desgastar o equipamento, mas tenho que ter margem de segurança, pois acho que haverá várias incidentes e intervenções do safety car”, acredita. “Precisamos ter uma boa estratégia de pit stop, pois creio que só precisaremos reabastecer. O asfalto aqui é novo e muito bom, por isso talvez não precisaremos trocar os pneus”, encerrou o piloto da AMG/Zinco Jeanswear/Santa Carolina/OTG/Baterias Líder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *