Stock Light: Alexandre Cunha pontua e vai a terceira posição no campeonato

Carioca Alexandre Cunha largou em 12º e recebeu a bandeirada na oitava posição.

Segundo colocado na abertura da temporada, Alexandre Cunha (Inpacom/ Nicoboco/Sawary/RedeTV) tem uma certeza sobre a sua oitava colocação na segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Car Light, que foi disputada neste domingo (06/5) no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR). “Este oitavo vai virar descarte no final da temporada. Acho que deixei aqui em Curitiba todos os problemas que poderia ter neste ano”, confia o carioca, que caiu da vice-liderança para a terceira posição no campeonato, apenas sete pontos atrás do líder. A vitória ficou com o paulista André Bragantini (Nova/RR Competições), que completou as 27 voltas em 40min32s680 (média de 147.63 km/h). A liderança do certame continua com o paranaense Diogo Pachenki (PowerTech), com 35 pontos, enquanto a vice-liderança é de Norberto Gresse (AMG Motorsport/ Bardhal), segundo colocado na prova, com um ponto a menos.

Depois de largar apenas da 12ª posição, Alexandre Cunha começou a se recuperar durante a prova, mas levou duas batidas por trás, que fizeram seu motor perder rendimento. “Talvez com o impacto tenha dado problema em algum periférico do motor, parte elétrica, ele não estava tão bom quanto nos treinos”, comentou o piloto da Inpacom/Nicoboco/Sawary/ RedeTV. O sentimento de toda a equipe M4T/WAS é que o seu piloto poderia ter terminado entre os quatro primeiros se não fossem os problemas que enfrentou. “Estamos na parada da briga pelo título, mas fica aquela pontinha de frustração por saber que poderia ter um resultado melhor aqui”, apontou Cunha.

A próxima etapa da Stock Car Light V8 será em Campo Grande (MS), no dia 3 de junho.

Confira o resultado da segunda etapa da Stock Car V8 Light:
1º) André Bragantini (MS), 27 voltas em 40:32.680 (média de 147.63 km/h)
2º) Norberto Gresse F° (SP), a 2.627
3º) Rafael Daniel (SP), a 3.833
4º) Leonardo Burti (SP), a 5.440
5º) Gustavo Sondermann (SP), a 10.411
6º) Diogo Pachenki (PR), a 16.061
7º) Ariel Barranco (PR), a 21.470
8º) Alexandre Cunha (RJ), a 27.194
9º) Paulo R Bonifacio (SP), a 29.220
10º) Afonso Bastos (SC), a 29.625
11º) Elias Nascimento Jr (RJ), a 31.623
12º) Eduardo Santos (RJ), a 40.716
13º) Otávio Mesquita (SP), a 41.819
14º) Rafael Sperafico (PR), a 51.241
15º) Eduardo Berlanda (SC), a 55.005
16º) Rodrigo Stefanini (SP), a 1:01.760
17º) Cristiano Federico (SP), a 1:02.482
18º) José Castilho (PR), a 1:08.058
19º) Caio Travaglini (SP), a 1:08.378
20º) Claudio Pianowski (SC), a 1 volta
21º) Fernanda Parra (SP), a 1 volta
22º) Murilo Macedo (SP), a 1 volta
23º) Claudio Gontijo (SP), a 7 voltas
24º) Vicente Siciliano (SP), a 11 voltas
25º) Leonardo Gomes (SP), a 12 voltas
26º) Renato Russo (SP), a 17 voltas
27º) Leandro Romera (SP), a 18 voltas
28º) Tiago Gonçalves (SP), a 20 voltas
29º) Serafin Junior (RJ), a 22 voltas
30º) Lucas Molo (RJ), a 22 voltas

Os dez primeiros no campeonato da Stock Car Light são:
1º) Diogo Pachenki (PR), 35 pontos;
2º) Norberto Gresse F° (SP), 34;
3º) Alexandre Cunha (RJ) e Rafael Daniel (SP), 28;
5º) André Bragantini (MS), 25;
6º) Leonardo Burti (SP), 23;
7º) Ariel Barranco (PR), 19;
8º) Leandro Romera (SP), 16;
9º) Afonso Bastos (SC), 13;
10º) Gustavo Sondermann (SP), 12.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *