Stock Light: Alexandre Cunha pretende unir velocidade e habilidade no acerto do carro

Equipe M4T/WAS escolheu o carioca justamente por suas qualidades técnicas em busca do título da Stock Light.

Durante a semana que culminará com a tão aguardada etapa de abertura da Stock Car Brasil 2007, no domingo (22/04), pilotos e equipes da categoria Stock Car Light também estarão no Autódromo de Interlagos (SP) para os seus treinos coletivos. Em dois dias de testes, na terça e quarta-feiras (17 e 18/04), o circuito da zona sul paulista receberá ainda a Copa Nextel e a Stock Jr. Dentre todos os pilotos das três modalidades, talvez nenhum deles estava tanto tempo longe do automobilismo quanto o carioca Alexandre Cunha (Inpacom/Sawary/Nicoboco/RedeTV), que retorna pela equipe M4T/WAS após cinco anos de inatividade.

A fase de readaptação física já foi superada por Cunha, com uma preparação adequada aliada a sua motivação para o retorno às pistas. “Tenho me dedicado bastante na preparação física, com o apoio especializado da Academia da Praia, e já estou pronto para iniciar o campeonato”, comentou o piloto de 33 anos de idade.

Agora, os treinos desta semana são considerados de máxima importância para o carioca, que pretende extrair o máximo de informações do Stock Light. “Tem de ser rápido na hora certa, mas é muito importante saber acertar o carro. Eu sou muito chato nessa questão de desenvolvimento do equipamento, me preocupo em passar o máximo de informações para a equipe, e este detalhismo fez com que a M4T/WAS, que já trabalhou comigo na Fórmula Chevrolet, me escolhesse para representá-los nesta temporada”, ressaltou o representante da Inpacom/Sawary/Nicoboco/RedeTV, que nesta passagem pela Fórmula Chevrolet levou a equipe de Miguel Ferreira ao título.

Vice-campeã na Stock Light em 2005 com o piloto Paulo Salustiano, que hoje representa o time na divisão principal da categoria, a M4T/WAS pode ter encontrado a peça-chave para repetir o sucesso na modalidade de acesso. “O Alexandre é muito técnico, e ‘mecanicamente’ experiente. Considero ele um piloto próximo do completo, com preparo psicológico e motivação, ainda mais com tanto tempo parado e querendo mostrar serviço”, salientou o chefe da equipe Miguel Ferreira.

Alexandre conta ainda que muita coisa é novidade para ele na Stock Car. “Minha escola veio do kart, passando para a fórmula, e no turismo corri apenas com os carros tração dianteira e pneus radiais. Diferentes dos monopostos, que prezam pela eficiência aerodinâmica, os Stock Cars atuam com a potência, e perdem bastante na questão da aderência. Mesmo assim, depois de um treininho de reconhecimento do carro em Interlagos, considero que a adaptação até aqui foi boa, com tempos de voltas satisfatórios em meu primeiro contato com o modelo”, finalizou Cunha.

Confira os horários dos treinos coletivos da Stock Car Light:

Terça-Feira 17/04/2007
11h45  12h30 –  Stock Car Light (1º grupo)
12h40  13h25 –  Stock Car Light (2º grupo)
16h25  17h10 –  Stock Car Light (1º grupo)
17h20  18h05 –  Stock Car Light (2º grupo)

Quarta-Feira – 18/04/2007
10h55  11h40 –  Stock Car Light (1º grupo)
11h50  12h35 –  Stock Car Light (2º grupo)
15h45  16h30 –  Stock Car Light (1º grupo)
16h40  17h25 –  Stock Car Light (2º grupo)

Calendário da Stock Car Light 2007:
22/04 – Interlagos (SP)
06/05 – Curitiba (PR)
03/06 – Campo Grande (MS)
17/06 – Interlagos (SP)
19/08 – Santa Cruz do Sul (RS)
08/09 – Curitiba (PR)
23/09 – Brasília (DF)
18/11 – Jacarepaguá (RJ)
09/12 – Interlagos (SP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *