Stock Light: Categoria completa 1/3 da temporada com disputa acirrada

Das nove provas de 2007, os dois piores resultados serão descartados.

Categoria de acesso da Copa Nextel Stock Car 2007 e a segunda mais do país, a Stock Car Light completa um terço da temporada na etapa de Campo Grande. No domingo, os 32 pilotos inscritos lutarão pela vitória e pelos pontos na classificação geral, sendo que os dois melhores ao final das nove provas previstas terão o direito de subir para a Copa Nextel Stock Car 2008. Após as disputas em Interlagos (SP) e Curitiba (PR), a briga pela primeira colocação segue acirrada, repetindo o que vem acontecendo nas últimas temporadas. O paranaense Diogo Pachenki, campeão em 2004, lidera a categoria, com 35 pontos, um a mais que o paulista Norberto Gresse Filho. O carioca Alexandre Cunha e o paulista Rafael Daniel dividem a terceira posição, ambos com 28 pontos. A terceira etapa do Brasileiro de Stock Car Light começa as 10h35 deste domingo, no Autódromo Internacional de Campo Grande.

A Stock Car Light começou 2007 com tudo. Mesmo com grande renovação, a categoria manteve sua tradicional competitividade, graças à qualidade dos pilotos. Isso ficou evidente nas duas primeiras rodadas, com vitórias de dois nomes bem conhecidos no automobilismo nacional: Diogo Pachenki e André Bragantini, respectivamente. As eles se juntam outros destaques como Betinho Gresse, Alexandre Cunha, Rafael Daniel, Ariel Barranco, Leonardo Burti, Gustavo Sondermann, garantindo provas muito disputadas e repletas de emoção.

Muita gente vai estrear no circuito sul-mato-grossense, que recebeu a Stock Car em 2003 e 2006. Entre eles está Alexandre Cunha, um dos destaques deste início de temporada. Para sua primeira experiência no circuito de 3.433 metros, Alexandre espera que o recurso da telemetria possa ajudá-lo na análise de sua adaptação ao circuito. Ele ira estrear este equipamento na etapa, já que não teve a chance de utilizá-lo nas rodadas anteriores.

“Já tínhamos o kit de telemetria na etapa passada em Curitiba, mas os sensores pararam de funcionar logo no primeiro treino, e acabamos sem tirar proveito do recurso. Espero que agora dê tudo certo, pois será uma boa ferramenta para este final de semana, já que não conheço a pista”, opinou o carioca.

A classificação da Stock Car Light após as duas primeiras etapas é a seguinte: 1º Digo Pachenki (PR), 35 pontos; 2º Norberto Gresse Filho (SP), 34; 3º Alexandre Cunha (RJ) e Rafael Daniel (SP), 28; 5º André Bragantini (SP); 25; 6º Leonardo Burti (SP), 23; 7º Ariel Barranco (PR), 19; 8º Leandro Romera (SP), 16; 9º Afonso Bastos (SC), 13; 10º Gustavo Sondermann (SP), 12; 11º Otávio Mesquita (SP) e Elias Nascimento Jr. (SP), 9; 13º Cláudio Gontijo (MG), 8; 14º Paulo Bonifácio (SP), 7; 15º Serafin Júnior (RJ), 5; 16º Eduardo Santos (RJ), 4; 17º Rodrigo Stefanini (SP), 3; 18º José Castilho (PR) e Rafael Sperafico (PR), 2; 20º Cadu Pasetti (SP) e Eduardo Berlanda (SC), 1.

Carreta abre a programação oficial

As máquinas da Stock Car desfilarão pelas principais ruas do centro de Campo Grande nesta quinta-feira, dia 31, a partir das 12 horas, abrindo oficialmente a programação da terceira etapa. Participarão da ação o sul-mato-grossense Hoover Orsi (MS), da Red Bull Racing (Volkswagen), e os paulistas Antônio Jorge Neto, da Eurofarma RC (Mitsubishi), e Marcos Gomes,da Medley/A. Mattheis (Chevrolet). O intuito da carreata é divulgar a prova de domingo, 3 de junho, a partir do meio-dia, no Autódromo Internacional Orlando Moura.

A carreata terá a participação do prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho. Sua companhia na carreata não será apenas como mero espectador, o prefeito será passageiro de um dos carros que desfilarão pelas ruas de Campo Grande. A concentração será às 11 horas, no Parque das Nações Indígenas, e o trajeto é o seguinte: Saída às 12h  Av. Afonso Pena; R. 14 de julho; R. Antônio Maria Coelho; R. 13 de Maio; Av. Eduardo Elias Zahran; R. Joaquim Murtinho; Av. Ceará e Chegada  Av. Afonso Pena.

Ingressos

Os ingressos para a etapa de Campo Grande já estão à venda pela Internet, www.ticketmaster.com.br , nos Postos Texaco, rede Bosch Service e nas Concessionárias Chevrolet da cidade. O preço do ingresso de arquibancada será de R$ 15,00, enquanto o passe de visitação será vendido somente nas bilheterias a R$ 50,00. Estudantes terão desconto de 50% mediante apresentação de carteirinha pelo próprio beneficiário (somente nos pontos de venda e bilheterias dos autódromos). Menores de oito anos não pagam desde que acompanhados pelos responsáveis e maiores de 60 pagam meia-entrada. As bilheterias do Autódromo Internacional de Campo Grande funcionarão no final de semana da prova, nos seguintes horários: sábado, das 8 às 14 horas, no domingo, a partir das 7 horas e até as 13 horas, e somente aceitarão pagamento em dinheiro.

A Copa Nextel Stock Car tem realização e organização da Vicar Promoções, com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). O patrocínio é de Pirelli e Caixa, com co-patrocínio de TAM, Medley, Bosch, Texaco e Petrobras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *