Stock Light: Leonardo Burti atinge meta de pontuar em Santa Cruz do Sul

Dicas do irmão, Luciano Burti, e bom ajuste da equipe RC Competições ajudaram piloto estreante a ter melhor performance nos treinos e terminar corrida dentro da zona de pontuação.



Na pista onde nunca tinha guiado em nenhuma categoria antes, Leonardo Burti (Motul) conseguiu seu melhor final de semana nesta primeira temporada da Stock Car Light.


 


Em Santa Cruz do Sul, onde ontem foi disputada a sétima etapa da categoria, o irmão do piloto Luciano Burti andou bem em todos os treinos e conseguiu completar a prova na zona de pontuação, seu objetivo para a corrida gaúcha, ao terminar na 11ª colocação.


 


“Foi um final de semana excelente, com certeza o melhor da temporada até aqui. Em outras pistas, como na etapa passada, em Curitiba, até chegamos a ser mais competitivo em uma sessão isolada, mas neste final de semana estive em um grau de evolução constante”, comenta Leonardo.


 


Durante os treinos, ele recebeu dicas do irmão, Luciano Burti, para melhor se adaptar ao traçado gaúcho. O “professor” não poderia ser melhor –na etapa da Stock Car, o paulista foi o mais rápido de todos ao estabelecer a pole position. “Sem dúvida, o aprendizado e experiência dele me ajudaram nesta rápida adaptação, fundamental em uma pista em que eu nunca tinha andado de nada”, completa Leonardo.


 


Na corrida, o resultado poderia ser ainda melhor não fosse um problema no set up do carro, que o deixou saindo de frente ainda no início da prova. Saindo no 11º posto do grid, Leonardo passou em 8º já na primeira volta.  “Como na prova passada, consegui me posicionar por dentro nas duas primeiras curvas e escapei das confusões”, diz Burti.


 


O piloto da RC Competições, no entanto, não conseguiu se aproximar do adversário da frente, justamente seu companheiro de equipe, Lico Kaesemodel. Após nove voltas, foi perdendo mais rendimento e não teve como segurar alguns adversários com melhor rendimento, como Daniel Serra. Com isso, caiu para a 11ª colocação, na qual permaneceu até a bandeira quadriculada.


 


“Foi uma boa corrida, sobretudo no início, mas logo nas voltas iniciais não consegui mais imprimir um bom ritmo porque o carro saia de frente”, afirma Burti, que, com a 11ª colocação em Santa Cruz do Sul, agora tem seis pontos no campeonato.


 


O chefe de equipe, André Bragantini, acredita que o desempenho na prova gaúcha traz boas perspectivas para a equipe já na próxima etapa, que será realizada em Brasília, no próximo dia 24.


 


“Na classificação, poderíamos conseguir até um quinto lugar, caso não tivéssemos perdido três décimos de segundo na Curva da Ferradura. E hoje em dia largar entre os cinco melhores na Light não é tarefa fácil, sobretudo para um estreante como o Leonardo, basta ver os nomes dos pilotos que estão nas primeiras colocações nos treinos e nas corridas”, afirma Bragantini.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *