Stock Light: Marcos Gomes vence em Curitiba e chega à terceira conquista na Light

O paulista Marcos Gomes, da Nova-RR competições, foi o vencedor da quinta etapa da Stock Car V8 Light, realizada neste domingo, no Autódromo Internacional de Curitiba. Ele completou as 26 volta com o tempo de 38min35seg077, garantindo sua terceira vitória na temporada.


Na segunda colocação chegou Rafael Daniel, da W2 Racing, com 38min37seg454, enquanto Daniel Serra, da WB Motorsport, foi o terceiro, 38min42seg972. Com o resultado, Marcos chegou aos 95 pontos, isolando-se na liderança da categoria, seguido de Landi, com 70, e Rafael com 68. A próxima etapa da Stock Car V8 Light será no dia 3 de setembro, em Santa Cruz do Sul (RS).

Depois da ausência em Londrina, a Stock Car V8 Light, como se previa, voltou com tudo na etapa de Curitiba. A prova foi bastante disputada e não faltou emoção para o público presente no Autódromo Internacional de Curitiba. Dos 24 carros que largaram na quinta etapa, apenas 18 completaram as 26 voltas no circuito.

O final de semana em Curitiba começou bastante conturbado para Marcos Gomes. “O final de semana foi bem complicado, pois tive problemas de motor e isso acabou fazendo com que largasse na sexta posição”, explicou o líder. Ele ainda destacou o começo conturbado da prova deste domingo. “A largada também foi bem tumultuada, com o pole freando e todos batendo, mas eu consegui fugir de todos os acidentes e terminar com um resultado positivo. Foi uma boa recuperação em relação à outra etapa em Curitiba”, completou, que vive seu melhor momento da carreira na Stock Light.

Para o segundo colocado Rafael Daniel o carro estava muito bom e bem acertado, mas ele não conseguiu escapar das rodadas. “Meu carro estava muito bom e foi uma pena eu ter me envolvido na batida da largada. Esse acidente resultou em uma quebra do pára-choque e na refrigeração do freio, fazendo com que toda curva meu carro travasse a roda e com isso eu perdesse muito tempo. Com a corrida chegando ao final, eu conservei mais o carro, pois tinha uma boa vantagem para o terceiro colocado.”, comentou.

Daniel Serra também sofreu com seu Astra. “O carro estava acertado, mas eu estava com problemas no motor o que me obrigou a largar na oitava posição. Mesmo com a troca do motor o problema não foi solucionado, pois meu carro não rendia na reta. Felizmente, na décima sétima volta, eu consegui ultrapassar o Landi, mas se meu carro rendesse mais estou certo que poderia chegar numa posição melhor”, ressaltou o piloto paulista.

Confira a classificação final da prova;

1º) Marcos Gomes (SP), 26 voltas em 38:35.077 (média de 149.39 km/h)
2º) Rafael Daniel (SP), a 2.376
3º) Daniel Serra (SP), a 7.894
4º) Willian Starostik (PR), a 16.520
5º) Tiago Gonçalves (SP), a 32.774
6º) Gustavo Sondermann (SP), a 43.760
7º) Afonso Bastos (SC), a 43.825
8º) Gustavo Sucolotti (MS), a 1:01.964
9º) Claudio Pianowski (SC), a 1:07.187
10º) Murillo Macedo (SP), a 1:19.562
11º) Norberto Gresse F° (SP), a 1:25.364
12º) Cadu Pasetti (SP), a 1:31.789
13º) Eduardo Placucci (SP), a 1 volta
14º) Eduardo Borges (PB), a 1 volta
15º) Fernanda Parra (SP), a 4 voltas
16º) Daniel Landi (SP), a 6 voltas
17º) Paulo R Bonifacio (SP), a 6 voltas
18º) Leonardo Burti (SP), a 6 voltas
19º) Rodrigo Stefanini (SP), a 8 voltas
20º) Otávio Mesquita (SP), a 13 voltas
21º) Leonardo Gomez (SP), a 21 voltas
22º) Cristiano Federico (SP), a 23 voltas
23º) Karlos Fernandes (MS), a 23 voltas

Melhor Volta: Rafael Daniel, 1:27.748

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *