Stock: Losacco promete lutar até o fim pelos playoffs

Bicampeão sabe que será difícil entrar na Superfinal, mas espera não ter problemas com o carro.

O calor deverá ser forte em Campo Grande (MS) neste final de semana durante a oitava etapa da Stock Car, última da fase seletiva. E se a temperatura ambiente na região do Autódromo Orlando Moura poderá superar facilmente os 30ºC, na pista o calor será ainda maior por conta da definição dos 10 pilotos que irão disputar o título de 2010 nas quatro provas finais. O bicampeão Giuliano Losacco sabe que a missão é complicada, mas pretende lutar até a bandeirada. “Não tem outra opção. Até porque só desisto das coisas quando não têm mais jeito mesmo”, disse.
O que o piloto paulista espera é passar ao largo dos problemas que o afligiram recentemente em Interlagos. “Em São Paulo, na Corrida do Milhão, o primeiro dia foi uma bagunça para mim e complicou a busca pelo acerto. O treino de classificação ficou comprometido. Na corrida, até que vinha bem (em 16º lugar após ter saído em 27º), mas me bateram na relargada e tive de abandonar.”
Losacco ocupa a 17ª posição na tabela de classificação, com 18 pontos contra 40 do décimo colocado, Thiago Camilo. O líder é Átila Abreu com 110. “Ainda que ganhe a corrida e some mais 25, terei de torcer por outros resultados. Por isso que não adianta ficar fazendo previsão”, falou o campeão da Stock Car em 2004 e 2005. Em Campo Grande, Losacco já largou na primeira fila, mas nunca venceu. “Tive alguns problemas lá, mas cada corrida é uma história diferente”, lembrou o piloto da equipe Flash Power Racing.
A classificação dos 20 primeiros da Stock Car está assim:
1) Átila Abreu, 110 pontos; 2) Ricardo Maurício, 96; 3) Cacá Bueno, 75; 4) Max Wilson, 72; 5) Daniel Serra, 66; 6) Nonô Figueiredo, 63; 7) Felipe Maluhy, 56; 8) Allam Khodair, 50; 9) Marcos Gomes, 42; 10) Thiago Camilo, 40; 11) Julio Campos, 32; 12) Popó Bueno, 29; 13) Lico Kaesemodel, 28; 14) Duda Pamplona, 22; 15) Claudio Ricci, 21; 16) Valdeno Brito, 20; 17) Giuliano Losacco, 18; 18) Rodrigo Sperafico, 18; 19) Antonio Pizzonia, 16; 20) Diego Nunes, 16 pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *