Stock: Luciano Burti vence em Campo Grande

Luciano Burti (Itaipava Racing Team/Peugeot) venceu neste domingo (05/06), Autódromo Internacional de Campo Grande, a 5ª etapa da temporada. Foi a segunda vitória de Burti na categoria. Allam Khodair (Blau Vogel/Chevrolet) e Marcos Gomes (Medley FullTime/Peugeot) completaram o pódio.

Segundo no grid, Burti passou o pole-position Khodair na largada, mantendo a ponta até a parada nos boxes na 12ª volta. Depois que todos fizeram o reabastecimento e a troca de pneus (o último foi o estreante Sergio Jimenez) Burti reassumiu a liderança.

Com tranquilidade o ex-piloto da F-1 venceu pela primeira vez no ano, com quatro segundos de vantegem sobre Khodair. A primeira vitória de Burti havia acontecido em Tarumã em 2009.

“Nas duas últimas corridas (Ribeirão Preto e Velopark) as coisas não deram nada certo para mim, mas aqui em Campo Grande a equipe me deu um carro muito bom, a estratégia foi perfeita e a minha largada foi decisiva. É óbvio que vencer tem um sabor especial. Estou muito contente”, comemorou Burti

“A manobra sobre o Allam (Khodair) na largada foi decisiva, porque ele também estava muito rápido. Com a baixa aderência e a sujeira na pista, os desafios aqui eram não cometer erros e acertar o carro para controlar o desgaste excessivo dos pneus e conseguimos cumprir esses objetivos”, finalizou o vencedor.

Gomes fechou o pódio. Thiago Camilo (RCM Motorsport/Chevrolet) foi o 4º, seguido por Felipe Maluhy (Officer ProGP/Chevrolet) e Ricardo Mauricio (RC Competições/Chevrolet). Os três travaram um intenso duelo nas voltas finais, com direito a toques e saídas de pista.

Popó Bueno (Comprafacil.com/A.Mattheis/Chevrolet) terminou em 7º, com Valdeno Brito (Esso Mobil Super Racing FTS/Chevrolet) na 8ª posição. Brito chegou a liderar a prova, ao retardar a entrada nos boxes, contudo um problema no macaco o fez perder dez segundos na parada. O atual campeão Max Wilson (RC Competições/ Chevrolet) e Xandinho Negrão (Medley FullTime/Peugeot) fecharam os dez primeiros.

Cacá Bueno (Red Bull Racing/Peugeot), assim como seu parceiro de equipe Daniel Serra, levou um drive-through, por excesso de velocidade nos boxes. Da segunda posição, depois da rodada nos pits, Bueno caiu para 13º no final. Serra foi o 15º.

Completaram a zona de pontos: Duda Pamplona (Officer ProGP/Chevrolet) em 11º, Giuliano Losacco (Hot Car Competições/Chevrolet) 12º e Alceu Feldmann (Comprafacil.com/A.Mattheis/Chevrolet) na 14ª posição.

Atila Abreu (AMG Motorsports/Chevrolet) que chegou a Campo Grande na liderança do campeonato, abandonou na 3ª volta, com problemas na bomba de combustível. Pouco antes o Safety-Car, que foi acionado para a retirada de alguns carros que haviam rodado, deixou à pista.

Camilo assumiu a liderança do campeonato com 81 pontos, dez a mais do que Abreu.

A próxima etapa acontece no dia 3 de julho, no Rio de Janeiro.

Final:

1) Luciano Burti, Itaipava Racing Team (Peugeot) – 31 voltas, em 47min48s608
2) Allam Khodair, Blau Vogel Motorsport (Chevrolet) – a 4s059
3) Marcos Gomes, Medley FullTime (Peugeot) – a 15s448
4) Thiago Camilo, Ipiranga RCM (Chevrolet) – a 16s197
5) Felipe Maluhy, Officer ProGP (Chevrolet) – a 17s491
6) Ricardo Maurício, Eurofarma RC (Chevrolet) – a 17s564
7) Popó Bueno, Comprafacil.com/A.Mattheis (Chevrolet) – a 20s309
8) Valdeno Brito, Esso Mobil Super Racing FTS (Chevrolet) – a 21s984
9) Max Wilson, Eurofarma RC (Chevrolet) – a 24s216
10) Xandinho Negrão, Medley FullTime (Peugeot) – a 25s013
11) Duda Pamplona, Officer ProGP (Chevrolet) – a 28s401
12) Giuliano Losacco, Hot Car Competições (Chevrolet) – a 33s010
13) Cacá Bueno, Red Bull Racing (Peugeot) – a 34s201
14) Alceu Feldmann, Comprafacil.com/A.Mattheis (Chevrolet) – a 34s801
15) Daniel Serra, Red Bull Racing (Peugeot) – a 36s008
16) Ricardo Zonta, RZ Crystal Racing Team (Chevrolet) – a 40s472
17) Eduardo Leite, Hot Car Competições (Chevrolet) – a 43s770
18) Lico Kaesemodel, RCM Motorsport (Chevrolet) – a 1min07s770
19) Tuka Rocha, BMC Vogel Motorsport (Chevrolet) – a 1min08s041
20) Rodrigo Navarro, Qualicorp JF Racing (Peugeot) – a 1min10s128
21) Nonô Figueiredo, Esso Mobil Super Racing FTS (Chevrolet) – a 1min15s777
22) Sérgio Jimenez, RZ Crystal Racing Team (Chevrolet) – a 1min18s617
23) Diego Nunes, Bassani Racing (Peugeot) – a 1min30s064
24) Alan Hellmeister, Scuderia 111 (Peugeot) – a 3 voltas

Não completou 75% (23 voltas)
25) Denis Navarro, Bassani Racing (Peugeot) – a 10 voltas
26) Júlio Campos, Scuderia 111 (Peugeot) – a 14 voltas
27) David Muffato, Itaipava Racing Team (Peugeot) – a 14 voltas
28) Rodrigo Sperafico, JF Racing (Peugeot) – a 20 voltas
29) Átila Abreu, AMG Motorsports (Chevrolet) – a 28 voltas
30) Serafim Jr., AMG Motorsports (Chevrolet) – a 29 voltas

Volta mais rápida: Luciano Burti, 1min26s759 (média: 145.8 km/h), na volta 7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *