Stock: Maioria na Stock Car, times cariocas usam experiência para vencer a Corrida do Milhão

Equipes da casa tentam tirar vantagem dos “atalhos” de Jacarepaguá na prova deste domingo.

Muita coisa mudou no Autódromo de Jacarepaguá, após a realização dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2006. Deixou de ser um dos mais extensos do país (com quase cinco mil metros), perdendo, dentre outras coisas, o glamour do circuito, que sediou por muitos anos a Fórmula 1, Moto GP e outras provas do cenário mundial. Agora, com 3.336 metros, volta a receber uma prova histórica. Pela primeira vez, uma corrida realizada no Brasil terá uma premiação de 1 Milhão de Dólares.


Iniciativa da Vicar, organizadora da Stock Car, a prova valerá pontos para o Campeonato, mas com uma configuração diferente: mais longa e com duas paradas para reabastecimento, sendo que no último pit stop as equipes podem optar pela troca de pneus. E esse será, sem dúvida, o diferencial que poderá levar um piloto à vitória.


Por isso, as equipes cariocas podem tirar vantagem do conhecimento que têm do circuito, mesmo após a diminuição do traçado. No “quesito” pilotos a maioria absoluta é paulista (18 participantes), mas nos boxes os times com sede no Rio de Janeiro dominam. Atualmente, na divisão principal, são seis equipes cariocas, cinco paulistas, quatro do Paraná, uma de Santa Catarina e uma do Distrito Federal.


Além de estarem em maior número, os cariocas dominam a temporada. Andreas Mattheis está com seus dois times na liderança, Jorge Freitas é o quarto colocado, com a JF Racing, e a Vogel Motorsport está na quinta posição. O desempenho pode melhorar ainda mais neste fim de semana, com a possibilidade dos chefes de equipe tirarem proveito do conhecimento que têm da pista.


A decisão de trocar ou não pneus não está sendo divulgada antecipadamente por ninguém. “Isso vai depender do acerto do carro e da situação da corrida no momento do pit stop. Quem conseguir um acerto mais equilibrado, que poupe pneus, não precisará perder tempo com a troca. Por outro lado, o ganho de desempenho com pneus novos pode ser mais proveitoso. Ou seja, é um grande dilema”, despista André Bragantini Júnior (Eurofarma / Hope RH), que corre pela equipe carioca Nova RR (Peugeot), que está em busca de sua recuperação no Campeonato.


Após largar na sexta posição na última corrida, em São Paulo, o carro de André acabou sendo tocado pelo de Valdeno Brito, causando o abandono do paulista. “Foi uma pena, mas bola pra frente. Esse prêmio de um milhão é, sem dúvida, uma motivação extra para darmos a volta por cima. Mas nada de precipitação, pois o que vale mesmo para nós é manter a equipe na divisão principal. Por isso, somar pontos é o que importa”, destaca o piloto.


O companheiro de equipe dele, Norberto Gresse Filho (Agecom / Bardahl), tem a mesma linha de raciocínio. “A equipe demonstrou uma evolução grande nas últimas corridas. Por estarem correndo em casa numa corrida com uma premiação destas, acredito que os engenheiros e mecânicos terão uma motivação extra. Além disso, toda pista tem seus atalhos e eles conhecem a maioria deles”, avalia o atual campeão da Stock Car Light.


Os dois já estão no Rio de Janeiro para as atividades promocionais que antecedem a corrida. Mas os carros vão para a pista apenas na sexta-feira (29), quando acontecem os treinos livres. A definição do grid de largada acontece na manhã de sábado e a largada no domingo (31) está marcada para às 10h30, com transmissão ao vivo da Rede Globo.


Programação da 7ª etapa da Copa Nextel Stock Car – Corrida do Milhão

SEXTA- FEIRA – 29 DE AGOSTO DE 2008
10:35 – 12:05 – 1º Treino Livre (máx.28 voltas)-Copa Nextel Stock Car
15:05 – 16:35 – 2º Treino Livre-Copa Nextel Stock Car


SÁBADO – 30 DE AGOSTO DE 2008
08:30 – 09:00 – Treino Pit Lane-Copa Nextel Stock Car
11:10 – 12:55 – Treino Classificatório-Copa Nextel Stock Car


DOMINGO – 31 DE AGOSTO DE 2008
10:31 – LARGADA (47 voltas ou 75 min.)
11:45 – CHEGADA
11:50 – PÓDIO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *