Stock: Maluhy larga em 14º e torce por chuva neste domingo em Tarumã

O treino classificatório que definiu o grid de largada para a 10ª etapa da Copa Nextel Stock Car, realizado neste sábado (dia 27), no circuito de Tarumã, em Viamão (RS), teve sol, nuvens negras no céu, dois carros desclassificados, chuva e, no final, quem levou a melhor foi o paranaense Rodrigo Sperafico, da equipe Biosintética Stock Car, que conquistou sua terceira pole position na temporada, com o tempo de 1min06s046.

O carioca Duda Pamplona larga em segundo (1min06s310) e o paraibano Valdeno Brito em terceiro (1min06s375). O líder Cacá Bueno sai em quarto (1min06s397). A largada da corrida deste domingo (28) acontecerá às 11 horas (ao vivo na Rede Globo).

O paulista Felipe Maluhy, da equipe Terra Racing, parte da 14ª posição. O companheiro Tarso Marques sofreu uma punição, perdeu a melhor volta e sai em 35º.

O treino classificatório, que definiu os 10 primeiros para a Super Pole, começou com sol, mas logo as nuvens aumentaram e choveu em alguns pontos do circuito. Apesar de ter colocado seus dois carros entre os 10 primeiros, a equipe Medley foi desclassificada por irregularidade em seus carros e Ricardo Maurício e Marcos Gomes vão largar no fim do grid. A Super Pole aconteceu com chuva mais forte e há a possibilidade de que o mesmo ocorra durante a corrida, de acordo com o site Clima Tempo.

Para Maluhy, a chuva poderia ser uma boa opção para suas chances de chegar mais à frente. “Se chover vira loteria, mas para mim não seria ruim. Prefiro que chova, porque tenho chances de levar vantagem em cima do que pode acontecer”, comentou o paulista, que está em quarto no campeonato e é um dos 10 classificados na briga pelo título.

“Mas se a corrida acontecer no seco, temos de passar ilesos pela primeira volta e ver o que dá para fazer durante a prova”, disse.

Depois de ter largado em segundo no ano passado, Maluhy credita à mudança dos pneus nesta temporada o fato do carro não ter se apresentado tão bem. “Do primeiro treino na sexta até a classificação, o carro só melhorou. No meu primeiro jogo de pneus, faltou um pouco de equilíbrio. Acho que mexemos para o lado certo, mas não na coisa certa. Faltou apenas 1 décimo para estarmos na Super Pole”, completou.

Tarso Marques, que conseguiu melhorar um pouco o carro e andar mais à frente, foi punido por ultrapassagem em bandeira vermelha e caiu para 35º, já que perdeu sua melhor volta.

“Eu vinha numa volta rápida e havia dois carros na minha frente, que me impediram de ver a sinalização. Como eles reduziram muito, eu tive de desviar para não causar um acidente e imediatamente vi a bandeira e diminuí a velocidade. Não foi por mal e acho que os comissários deveriam ter reavaliado essa punição, que na minha opinião aconteceu por excesso de zelo”, explicou Tarso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *