Stock: Maluhy larga em terceiro na Stock Car

Primeira corrida de 2011 acontece amanhã em Curitiba (PR)

Felipe Maluhy repetiu na prova de classificação, disputada no início da tarde de hoje, o mesmo rendimento dos treinos oficiais e garantiu o terceiro lugar no grid de largada para a primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Car. Extremamente satisfeito com o desempenho do seu carro, Maluhy está confiante em lutar pela vitória na corrida de amanhã, cuja largada está confirmada para as 11 horas. Duda Pamplona, seu companheiro na equipe Officer ProGP é o vigésimo quinto no grid de 31 carros, onde a pole position será ocupada por Marcos Gomes.

De volta aos boxes ao final da tomada de tempos que definiu a formação das cinco primeiras filas Felipe Maluhy elogiou o trabalho da equipe, mas lembrou que é importante manter o foco e a dedicação:

“Meu carro desceu do caminhão muito bom e mexemos muito pouco no acerto. Toda a equipe esta de parabéns pelo trabalho: o Vectra reagia aos acertos e o resultado final é que estou muito contente, acho que dá para repetir o resultado do Rio, mas para isso acontecer não podemos relaxar, precisamos manter esse pique!”

Foi na pista carioca que o paulista conseguiu, em 2010, sua primeira vitória na categoria, quando largou em terceiro e fez uma atuação que foi reconhecida amplamente pela imprensa especializada. Hoje foi Maluhy quem teceu elogios a outros pilotos: “o Marquinhos e o Max andaram muito para conseguir aqueles tempos”, concluiu o piloto. Cabe ressaltar que, graças ao novo asfalto do autódromo de Curitiba o tempo da pole position foi reduzido em quase três segundos em relação à prova de 2010 – 1m17s552 contra 1m20s701, marcado por Wilson.

O processo que define o grid de largada este ano é uma das novidades da temporada de 2011: a partir desta etapa os dez mais rápidos de uma sessão de 20 minutos voltam à pista para definir as cinco primeiras filas em mais dez minutos de tomada de tempos. Na primeira sessão o carro de Duda Pamplona não apresentou o rendimento do treino matinal, quando ficou em décimo-terceiro – duas posições à frente de Felipe Maluhy:

“Consegui virar 1m18s081 mesmo sem colocar penus novos, como a maioria dos pilotos que foram mais rápidos do que eu. Infelizmente na prova de classificação não consegui repetir esse desempenho, o que significa uma longa tarde de análises no meu carro na busca para melhorar o rendimento na corrida de amanhã.”

Para Fábio Gaia, diretor esportivo da Officer ProGP, o resultado de Maluhy e Pamplona consolidam a alta competitividade da Stock Car:

” A dedicação dos nossos mecânicos é a mesma para os dois carros e por detalhes mínimos – a diferença de tempo entre o Maluhy e o Duda mal passa de um segundo -, obtivemos resultados tão diversos. Mesmo assim não posso deixar de parabenizar nossa equipe pelo brilhante resultado do Maluhy na tarde de hoje.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *