Stock: Maluhy ‘Três décimos me separam da Q2’; Duda ‘Tenho 27 voltas para melhorar meu carro’

Pilotos da equipe Officer ProGP tentam traduzir em números o que falta para garantir uma boa posição de largada para a teceira etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Car

Os dois pilotos da equipe Officer ProGP, Duda Pamplona e Felipe Maluhy, tem um objetivo comum para as 27 voltas que cada um poderá completar amanhã durante as sessões de treinos oficiais para a terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Car. Esse limite de voltas, imposto pelo regulamento da categoria visando conter custos, será usado para que Pamplona e Maluhy, respectivamente 11º (52s405) e 26º (52s772) no treino livre de hoje para encontrar o melhor acerto dos seus carros para a prova de classificação, que na Stock Car brasileira é dividida em três fases. Na primeira, de vinte minutos, são eliminados 18 pilotos dos 34 pilotos inscritos e na segunda, cinco minutos mais curta, outros dez competidores; os seis finalistas voltam à pista para definir as três primeiras filas do grid com base na média das suas três melhores voltas durante os dez minutos de treinos.

Após o treino de ontem e a primeira sessão desta sexta-feira Maluhy e Pamplona passaram a trabalhar para encontrar o melhor acerto de classificação para a pista do Velopark, cujas duas retas – uma de 860 e outra com 640 metros -, compõem cerca de 70% do percurso por volta.
Para Felipe Maluhy a solução para garantir sua presença segunda sessão de classificação pode ser traduzida em números:

“Eu preciso diminuir meu tempo em uns três décimos de segundo para entrar na briga pela Q1. É um trabalho difícil e vai exigir bastante da nossa equipe.”

Duda Pamplona também tem uma boa referência para melhorar o rendimento do seu carro, que em configuração de classificação não manteve o mesmo rendimento quando preparado para corrida:

“O mais importante nesta situação é manter a calma e o foco no trabalho. Para a segunda sessão de classificação tentamos algumas correções, mas nessa hora só podemos conseguir pequenas melhoras. Tentar mudar muito nessa hora é arriscar perder o caminho das pedras.”

As sessões de treinos de livres de sábado duram 45 minutos cada uma e cada piloto pode completar o máximo de 27 voltas. A primeira delas, reservadas ao Grupo 1, que inclui Felipe Maluhy) entre 8h05 e 8h50 e a segunda, para o Grupo 2, onde está Pamplona, entre 9h05 e 9h50. As três sessões de classificação estão previstas para acontecer entre 11h20 e 12h50. O início dos treinos, porém, poderá ser atrasado em função do forte nevoeiro, característica desta região da Grande Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *