Stock: Marcos Gomes vence prova curta em Cascavel

Marcos Gomes (Schin Racing Team/Peugeot) venceu neste domingo (18/08), em Cascavel, no Paraná, a prova curta da sexta etapa da temporada. Valdeno Brito (Shell Racing/Chevrolet) e Max Wilson (Eurofarma RC/Chevrolet) completaram o pódio.

Segundo no grid, Gomes assumiu a ponta na primeira volta, ao superar o pole Wilson. Logo nas primeiras curvas, Rubens Barrichello e Allan Khodair, parceiros na Full Time Competições, se tocaram, com ambos acertando a barreira de pneus. Eles conseguiram retornar a prova.

Na volta seguinte, o Safety-Car foi acionado, após um toque entre Wilson e Cacá Bueno (Red Bull Racing/Chevrolet) no Bacião. Bueno acertou a barreira de pneus, e abandonou. Pouco antes, Gabriel Casagrande (C2 Team/Chevrolet) levou um toque e bateu no muro dos boxes.

Na 7ª volta a prova recomeçou, com Gomes em primeiro, seguido por Vitor Genz (Boettger Competições/Peugeot), Brito e Wilson.

Na 14ª volta, Genz teve um pneu furado e abandonou. Gomes aproveitou a disputa entre Brito e Wilson, que trocaram diversas vezes de posição, para abrir uma pequena vantagem nos minutos finais.

Gomes venceu, seguido de Brito (que desde a primeira prova não teve a direção hidráulica em seu carro, o que provocou dores nas mãos), e Wilson.

Marcos Gomes elogiou o trabalho da Schin Racing. “A equipe trabalhou muito. Saímos aqui do autódromo ontem dez horas da noite, analisando telemetria, para ver o que podíamos melhorar. A equipe fez uma estratégia excelente de parada de box. Colocamos o mínimo de combustível possível na corrida 1 e depois me aproveitei de um erro do Max para assumir a liderança. Estamos muito felizes. Viemos de duas corridas ruins, em Goiânia, e agora entramos na briga (pelo título) de novo”, comentou Gomes.

“Não consigo explicar o que Cascavel é para mim. São quatro corridas com três vitórias. Até ano passado, não vencia há três anos e consegui vencer as duas aqui. Além de ser uma pista bem gostosa de guiar, com a curva mais desafiadora da temporada (o Bacião), essa pista me traz muita sorte. É uma energia positiva diferente, que não sei explicar”, acrescentou Marquinhos. 

Sergio Jimenez     (Voxx Racing Team/Peugeot) foi o quarto, seguido por Átila Abreu (Mobil Super Racing/Chevrolet) e Popó Bueno     (Shell Racing/Chevrolet). Ricardo Zonta (RZ Motorsport /Chevrolet), Antonio Pizzonia  (Prati-Mico’s Racing/Peugeot), Felipe Lapenna  (Hot Car Competições/Chevrolet) e Thiago Camilo (Ipiranga-RCM/Chevrolet) completaram os dez primeiros.

Abreu lidera o campeonato com 104 pontos. Barrichello e Jimenez, com 93, estão empatados em segundo.

Final:

1. Marcos Gomes (Schin Racing Team) 17 volta sem 21min17s952
2. Valdeno Brito (Shell Racing) 0.545
3. Max Wilson (Eurofarma RC) 0.794
4. Sergio Jimenez (Voxx Racing Team) 1.553
5. Átila Abreu (Mobil Super Racing) 2.757
6. Popó Bueno (Shell Racing) 3.674
7. Antonio Pizzonia (Prati-Mico’s Racing) 5.776
8. Felipe Lapenna (Hot Car Competições) 8.062
9. Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) 8.231
10. Tuka Rocha (RZ Motorsport) 10.625
11. Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) 13.967
12. Daniel Serra (Red Bull Racing) 14.205
13. Luciano Burti (Vogel Motorsport) 15.482
14. Alceu Feldmann (Hanier Racing) 16.506
15. Fabio Fogaça (Schin Racing Team) 17.140
16. Felipe Tozzo (Boettger Competições) 17.456
17. Nonô Figueiredo (Mobil Super Racing) 17.720
18. Rubens Barrichello (Full Time Sports) 17.881
19. Galid Osman (Ipiranga-RCM) 18.926
20. Rafael Suzuki (ProGP) 22.238
21. Lucas Foresti (RC3 Bassani) 22.868
22. Ricardo Zonta* (RZ Motorsport) 25.009
23. Beto Cavaleiro (Hanier Racing) 29.057
24. Denis Navarro (Voxx Racing Team) 35.229
25. Mauri Zaccarelli (RC3 Bassani) 43.730
26. Julio Campos (Prati-Mico’s Racing) 2 Lp.
27. Raphael Matos (Hot Car Competições) 2 Lp.
28. Vitor Genz (Boettger Competições) 4 Lp.
29. Felipe Fraga (Vogel Motorsport) 5 Lp.
Não completaram 75% da prova:
30. Allam Khodair (Full Time Sports)
31. Cacá Bueno (Red Bull Racing)
32. Gabriel Casagrande (C2 Team)
33. Diego Nunes (C2 Team)
34. Bia Figueiredo (ProGP)
*Punido em 20 segundos, por atitude antidesportiva
Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

Campeonato de pilotos (5 primeiros):
1. Átila Abreu – 104 pontos
2. Rubens Barrichello e Sérgio Jimenez – 93 pontos
4. Marcos Gomes e Julio Campos – 91 pontos

Campeonato de equipes (5 primeiras):
1. Prati Mico’s Racing – 165 pontos
2. Full Time Sports – 149 pontos
3. Voxx Racing – 142 pontos
4. Shell Racing – 134 pontos
5. Mobil Super Racing – 124 pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *