Stock: Matematicamente, 18 pilotos ainda lutam para estar nos playoffs, mas na prática disputa é intensa somente pelas duas últimas vagas nas finais

Os pilotos Guto Negrão (Medley-A.Mattheis), Popó Bueno (Hot Car), Ricardo Maurício (Katalogo Racing), Ruben Fontes (Neosoro-JF) e Duda Pamplona (Officer) farão uma corrida à parte na oitava etapa da temporada de 2006 da Stock Car V8, que será realizada neste domingo (24), no anel externo do Autódromo de Brasília. Eles chegam à última prova classificatória para os playoffs entre os protagonistas da primeira “decisão” do campeonato deste ano, já que, embora 18 pilotos tenham chances matemáticas de entrar na disputa, é entre eles que a briga segue mais intensa.

Negrão é o nono colocado na tabela com 45 pontos, e leva seis de vantagem para Bueno e Maurício, que estão empatados com 39. Após a vitória na última corrida, Fontes chegou a 34 pontos e assumiu a 12ª colocação no campeonato, superando Pamplona por apenas um ponto. Com este cenário, a Stock Car V8 chega à Capital Federal vivendo um momento único em seus 28 anos de história. Pela primeira vez a categoria terá uma fase final, e por esse motivo garantir vaga nos playoffs vale mais que uma vitória para estes cinco pilotos.

“Temos dois momentos importantes na temporada de 2006”, analisa Ricardo Maurício, que está em décimo na tabela, com 39 pontos. “Um deles é, naturalmente, a decisão do título, que deve acontecer somente na 12ª corrida da temporada por causa do novo sistema de classificação. O outro é a definição dos 10 pilotos que garantirão vaga nos playoffs, o que será justamente neste fim de semana, em Brasília”, completou o piloto.

Matematicamente, somente os quatro primeiros colocados na atual tabela de classificação da Stock Car V8 têm presença garantida nas finais. O bom retrospecto e o momento favorável vivido por Rodrigo Sperafico (Neosoro-JF), Felipe Maluhy (Terra-Avallone) e Antonio Jorge Neto (Eurofarma-RC), no entanto, diminui sensivelmente a probabilidade de um deles deixar a lista de finalistas, o que limita a disputa a apenas três vagas.

Alceu Feldmann (Boettger), que ocupa a oitava colocação empatado em pontos com Neto, também está praticamente assegurado no playoff, mas por não possuir vitórias na temporada, tem posição mais vulnerável que a do companheiro de Cacá Bueno – em caso de novo empate com Neto, perde a vaga na final. Essa matemática, portanto, torna Negrão, Bueno e Maurício as peças mais importantes dessa primeira decisão.

“A posição do Ricardo, do Guto e do Popó é bastante interessante porque, além dos três disputarem a vaga entre si, terão a concorrência de outros seis pilotos que podem deixar a etapa de Brasília entre os dez primeiros colocados na tabela”, acrescentou Fernando Parra, chefe da equipe Katalogo Racing. “Estamos no meio do fogo cruzado e precisaremos fazer um trabalho consistente para assegurar presença nos playoffs”, completou.

A equipe Katalogo Racing tem um bom retrospecto no anel externo do Autódromo de Brasília. Prova disso é o ótimo desempenho obtido pelo então piloto da equipe no ano passado, Fabio Carreira. Na ocasião, ele fez sua melhor corrida na Stock Car e, mesmo parando nos boxes para a troca de um pneu furado, ganhou 27 posições ao longo de 43 voltas e terminou em nono. “Confio na competência da equipe e decisão é assim mesmo. Há uma tensão natural e uma grande expectativa sobre o que pode acontecer no fim de semana”, encerrou Ricardo Maurício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *