Stock: Muffato tenta iniciar em Curitiba campanha rumo ao segundo título

Para os 27 pilotos que não marcaram pontos na corrida de 9 de abril no circuito paulistano de Interlagos, a disputa pelo título do Campeonato Brasileiro de Stock Car V8 terá seu ponto de partida neste domingo (30), na segunda etapa. A prova, válida pela segunda etapa, será disputada no Autódromo Internacional de Curitiba, localizado em Pinhais, cidade vizinha à capital do Paraná. A largada será dada às 13h e a prova será mostrada ao vivo pelo SporTV.

“Começar o campeonato sem pontuar nunca é o que o piloto espera, mas isso não pode mudar os métodos de trabalho”, considera David Muffato. O piloto paranaense abandonou a corrida de 9 de abril em função de um acidente. “Não foi azar, nem nada, foi erro de um outro piloto. Uma pena, porque o meu carro estava muito rápido e dificilmente eu deixaria de terminar a corrida entre os primeiros. Em Curitiba, tenho que começar a somar pontos”, pondera.

Campeão da Stock Car V8 em 2003, Muffato considera que a situação de quem não somar pontos nas duas primeiras etapas ficará bastante complicada na disputa por uma vaga do playoff – só os 10 primeiros colocados na classificação do campeonato após oito corridas vão seguir com chances de tentar o título. “Em Interlagos, a nossa equipe foi a única a ter os dois carros na Super Classificação. Vamos trabalhar para ter os dois decidindo a pole de novo”, diz.

David Muffato desembarcou em Curitiba nesta quinta-feira (27) vindo de Natal. Na capital potiguar, o piloto fechou contrato de patrocínio com a indústria de produtos alimentícios Nutriday. Já na etapa paranaense, ele terá a logomarca da Nutriday estampada no carro número 35, dividindo espaços com as motivos do Banco de Brasília, CEB, Würth, Drugovich e Puma, outros parceiros da Amir Nasr. A equipe também atua com o sul-mato-grossense Hoover Orsi.

Os treinos em Curitiba terão início nesta sexta-feira (28). Os pilotos terão uma sessão de treinos livres, a partir das 10h50, com os pilotos divididos em dois grupos. O primeiro treino classificatório, com 90 minutos de pista liberada para os 42 inscritos, terá início às 15h30. A segunda e última sessão classificatória será no sábado (29), a partir das 8h30. Os 10 mais rápidos do fim de semana vão disputar a “Superpole”, definindo as cinco primeiras filas a partir das 12h50.

O chefe da equipe de Muffato, Amir Nasr, acredita que o trabalho durante os treinos em Curitiba ofereça um resultado produtivo. “Cada piloto tem um limite de 15 voltas em cada treino classificatório. Em condições normais, essas voltas vão consumir uns 45 minutos do treino. Então vai haver tempo suficiente para que as equipes comparem os dados obtidos entre um carro e outro, façam análises e a partir disso discutam mudanças no acerto dos carros”, comenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *