Stock: Nas ruas de Ribeirão Preto, Átila Abreu vence pela primeira vez

Numa prova acidentada, que chegou a ser paralisada em bandeira vermelha, Átlia Abreu venceu neste domingo (06/06), nas ruas de Ribeirão Preto, a 5ª etapa da temporada. Foi a sua primeira vitória na categoria. Ricardo Mauricio e Antonio Pizonia completaram o pódio.

“Foi uma corrida muito importante para mim, pois venho perseguindo a
vitória. Esse ano passei muito perto do primeiro lugar várias vezes e
quase cheguei lá no Rio de Janeiro”,
comentou o vencedor.

Logo na primeira volta um acidente envolvendo vários carros eliminou da prova Júlio  Campos (que com um pneu furado bateu na curva provocando o engatetamento), Luciano Burti, Alan Hellmeister, Norberto Gresse e Lico Kaesemodel. Com a pista bloqueada a corrida ficou paralisada em bandeira vermelha por vinte minutos.

Com uma nova largada a prova foi reduzida em nove voltas, caindo de 37 para 28. Abreu manteve o controle da prova, só perdendo a ponta durante o reabastecimento obrigatório, que em Ribeirão Preto foi rapidíssimo, com as equipes apenas reabastecendo, sem trocarem os pneus.

As batidas e toques continuaram a acontecer no apertado circuito montado nas ruas da cidade paulista, envolvendo entre outros Constantino Jr,. Valdeno Brito e Antonio Jorge Neto, que rodou na saída dos boxes. Mesmo assim o Safety-Car só foi acionado mais uma vez, por Diego Nunes,  já nas voltas finais.

Abreu mantém a liderança do campeonato com 94 pontos, Mauricio, o segundo colocado, soma 65.

A Stock só retorna depois da Copa da África do Sul, no dia 15 de agosto, também em um circuito de rua, em Salvador, na Bahia.

Final:

1) Átila Abreu(Chevrolet), 00h36min40s042
2) Ricardo Mauricio(Chevrolet), a 1s930
3) Antonio Pizzonia(Chevrolet), a 2s887
4) Daniel Serra (Peugeot), a 3s233
5) Max Wilson (Chevrolet), a 4s029
6) Giuliano Losacco(Peugeot), a 6s593
7) Felipe Maluhy(Chevrolet), a 10s352
8) Ricardo Zonta(Chevrolet), a 10s754
9) Cacá Bueno (Peugeot), a 11s408
10) Allam Khodair(Peugeot), a 13s153
11) Cláudio Ricci(Peugeot), a 13s715
12) Nonô Figueiredo(Chevrolet), a 15s025
13) Marcos Gomes(Peugeot), a 18s614
14) Xandinho Negrão(Chevrolet), a 18s805
15) Betinho Gresse(Chevrolet), a 19s728
16) Christian Fittipaldi (Chevrolet), a 24s124
17) Valdeno Brito(Chevrolet), a 27s609
18) Thiago Marques(Peugeot), a 30s046
19) Alceu Feldman(Peugeot), a 30s426
20) Thiago Camilo(Chevrolet), a 30s892
21) Gustavo Sondermann(Chevrolet), a 31s400
22) Duda Pamplona(Chevrolet), a 32s019
23) Pedro Gomes(Chevrolet) a 36s319
24) Tarso Marques(Chevrolet), a 42s884
25) David Muffato(Peugeot), a 45s344
26) Popó Bueno (Chevrolet), a 1 volta
27) Wiliam Starostik(Chevrolet), a 2 voltas

Os dez mais bem colocados no geral após cinco etapa são os seguintes: 1) Átila Abreu, 94; 2) Ricardo Maurício, 65; 3) Max Wilson, 60; 4) Felipe Maluhy, 51; 5) Allam Khodair, Daniel Serra, 47; 7) Nonô Figueiredo, 43; 8) Cacá Bueno, 36; 9) Júlio Campos, 32; e 10) Lico Kaesemodel, 18.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *