Stock: No Rio de Janeiro, Felipe Maluhy vence pela primeira vez

A Copa Caixa Stock Car tem mais um novo vencedor. Em uma prova emocionante, especialmente no final, o paulista Felipe Maluhy venceu a quarta etapa da temporada 2010, realizada no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. O piloto da equipe Officer ProGP (Chevrolet) completou as 35 voltas no circuito carioca com o tempo de 50min46seg149, entrando para a histórica da divisão principal da maior categoria do automobilismo nacional.

A segunda colocação, após as punições de Marcos Gomes e Ricardo Mauricio, ficou com Átila Abreu, da AMG Motorsport (Chevrolet), com 50min55seg068, enquanto Allam Khodair, da Blau Full Time (Peugeot), completou o pódio da etapa carioca. Com os resultados em Jacarepaguá, a liderança segue com Átila Abreu, com 69 pontos, seguido por Max Wilson, 48, e Ricardo Mauricio, 45, ambos da Eurofarma RC. A competição prossegue no dia 6 de junho, com a quinta etapa no circuito de rua de Ribeirão Preto. Será a estreia da Stock Car no interior paulista.

A Copa Caixa Stock Car mostrou, neste domingo, porque é um sucesso. Os 34 pilotos deram um show em Jacarepaguá ao longo das 35 voltas, deixando para o final uma disputa emocionante onde teve de tudo: toques, capôs voadores, ultrapassagens sensacionais, disputa até o último instante e algumas penalizações e desclassificações. Sorte das mais de 32 mil pessoas presentes no circuito, que puderam vibrar com mais uma etapa.

Maluhy fez uma prova excelente. Depois de largar na terceira posição, Maluhy conquistou a vice liderança ainda na primeira volta, superando Ricardo Maurício, da Eurofarma RC (Chevrolet). E começou a pressionar o então líder Allam Khodair, da Blau Full Time, (Peugeot). Na volta 14, o piloto da Officer ProGP conquistou a primeira posição. Na volta 26, uma pancada forte envolvendo Thiago Marques, da C. Alves/Mico’s Racing (Peugeot), e William Starostik, da RC3 Bassani Racing (Chevrolet), fez necessária a presença do safety car na pista de Jacarepaguá.

O carro de segurança ficou até a volta 28, quando Átila Abreu partiu da terceira colocação para assumir a ponta. Maluhy perdeu rendimento, mas não desanimou e volta a volta foi buscar o resultado inédito em sua carreira. O paulista voltou à liderança e a dois minutos do fim da prova, conseguiu abrir uma boa vantagem, para cruzar em primeiro e garantir, de forma emocionante, a sua primeira vitória.

Visivelmente emocionado, Felipe Maluhy dedicou a conquista ao seu pai, que faleceu há cinco meses em um acidente de carro. Ele creditou seu ótimo começo de prova à boa largada. “Comecei muito bem a prova, fui para segundo e vi a importância que é largar por dentro aqui em Jacarepaguá. Todos sabemos que largar bem aqui é importante, pois o desgaste de pneus é super complicado”, comentou o vencedor, que corre na Stock Car desde 2005. O piloto da Officer ProGP ainda desabafou no final. “Perdi meu pai no dia 28 de dezembro e queria muito dedicar a minha primeira vitória a ele”.

Apesar de não ter vencido, Átila Abreu gostou bastante de sua prova e para ele o importante é garantir pontos para chegar a Super Final e ser campeão da temporada. “Não foi dessa vez, meu final de semana não começou muito bem, no primeiro treino livre meu carro quebrou e não consegui andar, já no segundo e terceiro eu fui muito mal, mudei o acerto para o classificatório e cheguei ao Q3. Mas apesar disso tudo, minha corrida foi bem interessante e legal”, comentou.

Resultado da quarta etapa da Copa Caixa Stock Car:

1) Felipe Maluhy- 50:46.149
2) Átila Abreu – 50:55.068
3) Allam Khodair – 50:55.183
4) David Muffato – 50:55.339
5) Daniel Serra – 50:55.888
6) Cacá Bueno – 50:56.248
7) Max Wilson – 50:56.659
8) Julio Campos – 50:58.554
9) Antonio Jorge Neto – 50:59.197
10) Nonô Figueiredo – 50:59.448
11) Cláudio Ricci – 51:01.201
12) Xandinho Negrão – 51:01.604
13) Alan Hellmeister – 51:01.896
14) Pedro Gomes – 51:03.171
15) Alceu Feldman – 51:03.862
16) Tarso Marques – 51:08.807
17) Christian Fittipaldi – 51:09.065
18) Ricardo Mauricio – 51:11.442
19) Marcos Gomes – 51:12.650
20) Diego Nunes – 51:15.321
21) Giuliano Losacco – 51:23.387
22) Lico Kaesemodel – 51:24.540
23) Gustavo Sondermann – 51:56.860
24) Duda Pamplona – 52:14.423
25) Betinho Gresse – 49:16.641.
26) Valdeno Brito – 43:58.668
27) Thiago Camilo – 44:01.919.
28) Wiliam Starostik – 34:51.967.
29) Ricardo Zonta – 33:04.443.
30) Antonio Pizzonia – 33:39.409.
31) Luciano Burti – 21:25.290.
32) Popó Bueno – 18:53.701.
33) Constantino Jr – 56:34.614
34) Thiago Marques – Desclassificado

O campeonato está assim: 1) Átila Abreu, 69 pontos; 2) Max Wilson, 48; 3, Ricardo Maurício, 45; 4, Felipe Maluhy, 42; 5, Allam Khodair, 41; 6, Nonô Figueiredo, 39; 7, Daniel Serra, 33; 8, Júlio Campos, 32; 9, Cacá Bueno, 29; 10, Lico Kaesemodel, 18; 11) Diego Nunes, 16; 12) Popó Bueno e David Muffato, 14; 14, Xandinho Negrão, 13.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *