Stock: Otimista, Xandinho Negrão reinicia treinos físicos

Piloto da Medley/Full Time Sports segue firme na recuperação do acidente em Piracicaba

Uma semana depois do grave acidente sofrido durante os treinos livres da Stock Car no circuito de Piracicaba, Xandinho Negrão reiniciou as atividades físicas. O piloto da Equipe Medley/Full Time Sports, que quebrou a clavícula esquerda e o dedinho da mão esquerda, voltou a treinar na bicicleta ergométrica para não perder o condicionamento. Apesar da previsão dos médicos, que estimaram o período de calcificação do osso entre quatro e seis semanas, Xandinho se mantém confiante na possibilidade de alinhar no grid da abertura do calendário no dia 20 deste mês em Curitiba. “Estou otimista. Tenho uma série de prazos para vencer, mas acredito que vai dar para correr.”

Xandinho esteve no Hospital Albert Einstein nesta quarta-feira para trocar o curativo da operação a que foi submetido no ombro. Hoje, aproveitando a presença na cidade, foi à Aldeia da Serra (Grande São Paulo) prestigiar o evento comandado pelo amigo Tuka Rocha, que estreará na Stock Car nesta temporada. “Somos conhecidos desde os tempos do kart e ficamos mais próximos quando corríamos na Europa”, explicou Xandinho, que continua imobilizado na região afetada pela forte batida. O dedinho também permanece protegido para evitar choques que agravem a fratura.

Na próxima semana, Xandinho – nascido e residente em Campinas – regressará a São Paulo para retirar os pontos da cirurgia e passar por outra radiografia. “Os novos exames é que revelarão como está o processo de recuperação do osso. A partir daí, teremos um quadro mais real da situação”, disse Xandinho, que ainda sente um pouco de desconforto nas costas também como conseqüência de uma das batidas mais sérias de sua carreira. “Mas esse é o menor dos problemas e logo estará superado. O importante mesmo é ficar bom do ombro e da mão para estar em condições de correr em Curitiba”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *