Stock: Paraná fica fora da briga pelo título da Stock V8

Grande celeiro de pilotos, estado não terá nenhum representante no Playoff. Abertura da Super Final será no próximo dia 25, em Curitiba.

Nove paulistas e um paraibano. Esta é a “divisão demográfica” do Playoff da Stock Car, que foi decidido neste domingo (4), em Campo Grande (MS). O oitavo vencedor diferente da temporada foi Thiago Camilo, de São Paulo, que com o resultado garantiu vaga na Super Final. Ao lado dele estará o paulista radicado no Rio de Janeiro, Cacá Bueno, o paraibano Valdeno Brito e os conterrâneos Átila Abreu, Marcos Gomes, Ricardo Maurício, Daniel Serra, Max Wilson, Luciano Burti e Allam Khodair.

Pela primeira vez, o Paraná não terá nenhum piloto disputando o título nas quatro provas finais (Curitiba, Brasília, Porto Alegre e São Paulo). Até agora, Rodrigo Sperafico (2006 e 2007) e Alceu Feldmann (2006 e 2008) conseguiram o feito de representar o estado nas corridas decisivas. Em 2009, passadas oito etapas, Ricardo Sperafico é o paranaense mais bem colocado: 13º, com 44 pontos – dez a menos que Khodair, o último a entrar nas finais. Agora, o alento dos representantes do Paraná será tentar chegar à 11ª posição.

Feldmann, que desembarcou em Campo Grande com chances matemáticas de classificação, teve um fim de semana complicado. Com uma peça do sistema de transmissão (cardã) quebrada desde os treinos de sexta, o piloto da Boettger não conseguiu encontrar um bom acerto do carro.

Mesmo assim, passou da primeira fase do treino de classificação de sábado e largou da 14ª posição do grid. Antes do pit stop, estava entre os dez primeiros, mas um problema na troca de pneus o fez cair para as últimas posições. Depois disso, “veio buscando” e ficou a uma posição da zona de pontos (16º).

Para ele, um erro de estratégia também atrapalhou: “trocamos dois pneus no pit stop, mas o ganho de performance não foi o esperado. Como a pista foi recapada, o desgaste de pneus foi pequeno e a maioria dos nossos adversários optou apenas pelo reabastecimento. Com isso, perdemos muito tempo nos boxes”, lamenta.

Mesmo fora da disputa pelo título, Alceu tenta fechar o ano com um bom resultado. O próximo desafio será “em casa”. No dia 25 de outubro, Curitiba sedia a abertura do playoff, na chamada Corrida Verde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *