Stock: Pilotos apostam em Hamilton e Massa no GP do Brasil

Brasileiros não acreditam que Alonso possa reverter vantagem do inglês.

A vantagem de quatro pontos que Lewis Hamilton sustenta sobre Fernando Alonso na briga pelo título da Fórmula 1 será decisiva para que o inglês seja o campeão de 2007. Ao menos essa é a visão de pilotos de outras categorias do automobilismo mundial, que estarão de olho na prova deste domingo, em Interlagos. Para Marquinhos Gomes, melhor estreante do ano na Stock Car, Hamilton deve confirmar o título com uma vitória no Brasil. Já seu companheiro na equipe Medley, Ricardo Maurício, acredita que Felipe Massa deverá ser o primeiro a receber a bandeirada quadriculada. Mesma opinião de Xandinho Negrão, representante brasileiro na GP2, principal categoria de acesso a F1.


“Acho que por tudo que o Felipe passou nesta temporada, ele merece fechar o ano com uma vitória em casa. Ele não teve muita sorte durante o campeonato e, infelizmente, chegou ao Brasil sem chances de brigar pelo título. Mas ganhar diante de toda torcida brasileira mais uma vez seria muito especial para ele e para todos nós que o admiramos e torcemos por ele”, disse Ricardo Maurício.


Para Marcos Gomes, campeão da Stock Car Light no ano passado, a McLaren leva vantagem sobre o carro da Ferrari e isso será determinante neste domingo. “Gostaria muito que o Felipe ganhasse aqui, mas em uma pista como Interlagos, com curvas de baixa velocidade, o carro da McLaren deve se dar melhor. Se o Hamilton não cometer nenhum erro, como cometeu na China, vencerá a prova e será campeão com tranqüilidade”, afirmou.


Xandinho Negrão também acredita que o roteiro que consagrará Hamilton como o mais jovem campeão da Fórmula 1 já está escrito. No entanto, ressalva que mudanças no clima podem favorecer Fernando Alonso. “Se não chover, o que pode sempre provocar surpresas como as verificadas no Japão e na China, acredito que o Lewis Hamilton sai de Interlagos com o título. As chances do Fernando Alonso dependem muito de fatores como o tempo ou um tremendo azar do Hamilton. A situação do Kimi Räikkönen é muito mais complicada, porque a diferença em relação ao Hamilton é de sete pontos”, analisou Xandinho. Para ele, entretanto, Massa deverá vencer em Interlagos justamente por não ter mais a responsabilidade de guiar sob a pressão da briga pelo campeonato.


“Meu favorito para a corrida é o Massa. Ferrari e McLaren têm-se alternado. Uma vai melhor numa pista, outra dá o troco na seguinte, e o resultado é um equilíbrio bastante acentuado. Mas o Felipe é o que nada tem a perder e pode arriscar mais do que os outros. O fato de o circuito ter recebido uma nova pavimentação não deve alterar a relação de forças. Todas as equipes terão de se adaptar ao asfalto, mas basta uma sessão de treinos para se entenderem com ele. Como neste ano não existe a variável dos pneus do ano passado, quando havia dois fabricantes, fica igual para todo mundo”, completou. Xandinho deve ir ao autódromo a partir da sexta-feira. Ele ainda não confirmou a participação nos últimos testes na Fórmula GP2 em 2007, marcados para o final deste mês e início de novembro em Paul Ricard, na França.


O único a depositar alguma esperança Kimi Räikkönen foi Guto Negrão, embora também aposte em Hamilton. Para o experiente piloto da Stock Car, um bom desempenho do finlandês em Interlagos poderá minar as chances de Felipe Massa. “Pela lógica, Lewis Hamilton será campeão. Mas receio que o Kimi Räikkönen possa estragar a festa que o Felipe Massa está preparando para a torcida. Se houver a chance do Räikkönen ser campeão, a Ferrari vai interferir nas posições dos pilotos. Caso contrário, o Felipe estará liberado para brigar pela vitória. Tudo isso, no entanto, são hipóteses que dependem da competitividade da Ferrari em Interlagos”, finalizou.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *