Stock: Pilotos enfrentam etapa mais fria do ano

Norberto Gresse tenta repetir vitória em Santa Cruz do Sul, agora na Copa Nextel.

Depois de duas corridas sob intenso calor (em São Paulo e Brasília) e uma com temperatura amena (Curitiba), os pilotos da Copa Nextel Stock Car enfrentam a partir desta quinta-feira em Santa Cruz do Sul (RS) a etapa mais fria do ano. Apesar da previsão meteorológica apontar uma elevação da temperatura, que nesta quarta-feira está na casa dos 5 graus, a corrida continuará como a mais gelada da temporada – inclusive sob risco de ser a primeira do ano com chuva.

Com o “funil” do playoff cada vez mais fechado (duas vagas já estão matematicamente garantidas por Marcos Gomes e Ricardo Maurício, da equipe Medley), o nível de competitividade neste fim de semana aumentará ainda mais. A prova, que será realizada no sábado com transmissão ao vivo da Rede Globo, tem tudo para ser uma das mais emocionantes da temporada.

O fator mais relevante é que o circuito é o mais “desconhecido” do calendário, pois, além de ser o mais novo do país, não é utilizado pelos times nos testes que realizam com carros de outras categorias. Portanto, nesta corrida o favoritismo fica um pouco de lado.

O campeão da Stock Car Light no ano passado, Norberto Gresse (Agecom / Bardahl) chega a Santa Cruz empolgado pelo primeiro pódio que conquistou para a Porsche na GT3 Brasil ao lado de Valdeno Brito, em Brasília na última semana. A pista gaúcha traz boas lembranças ao paulista, que aposta em mais uma corrida equilibrada e cheia de alternativas.

O piloto da equipe Nova RR fez a pole position e venceu a prova de Santa Cruz do ano passado, quando ainda corria na categoria de acesso. “Mas isso não conta na Copa Nextel, pois muitos pilotos gostam e conhecem bem o traçado. O que quero é ter um carro competitivo para terminar a prova entre os primeiros. Nas primeiras corridas a má sorte esteve ao meu lado, espero que agora ela tenha ido embora”, destaca o piloto, que abandonou as primeiras etapas do ano com problemas mecânicos no Peugeot 71.

O companheiro de equipe de Gresse na Nova RR é André Bragantini (Eurofarma / Hope RH), vice-campeão da Light no ano passado. Depois de pontuar nas duas últimas corridas, Andrezinho está empolgado e confiante em mais um bom resultado. “Cheguei na cidade na terça-feira para ir me acostumando com o frio e para acompanhar mais de perto o trabalho da equipe. Espero que isso nos ajude a começar os treinos andando na frente”, declara o piloto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *