Stock: Pizzonia começa bem em Tarumã

O piloto amazonense marcou o 13º melhor tempo no primeiro contato com o circuito gaúcho.

O amazonense Antonio Pizzonia (TMais) voltou a andar no grupo da frente no primeiro treino livre da etapa de Tarumã da Copa Nextel Stock Car, na manhã desta sexta-feira. O piloto da Win Motorsport deu 27 voltas e ficou na 13ª posição em sua estréia no veloz traçado gaúcho. “Está bom. Estou me acostumando com a pista, que não é fácil. Está sendo um desafio”, afirmou. A alta competitividade já era esperada, e os 28 primeiros colocados andaram dentro do mesmo segundo. O melhor tempo desta primeira sessão ficou com Cacá Bueno (Eurofarma RC), que a bordo de seu Mitsubishi Lancer marcou 1min06s959, com média de 162,15 Km/h.

Mesmo com a boa colocação já em seu primeiro contato com a pista, Antonio Pizzonia espera evoluir o carro no decorrer do fim de semana. De acordo com o piloto é possível melhorar ainda mais. “Não mexemos muito no carro. Vamos continuar com o trabalho para que eu me acostume mais com a pista”, explica o manuara.

Ao dar as primeiras voltas com seu Bora no curto e rápido traçado, de 3.016 metros e que permite que os Stock Car atinjam médias horárias maiores que 160 km, Pizzonia não teve suas expectativas iniciais totalmente comprovadas. “Com esse carro que é grande e pesado, as curvas de Tarumã acabam não se tornando tão rápidas como quando contornadas com um Fórmula. Com o Stock Car você para mais o carro. Mas de qualquer maneira é um grande desafio”, confessa o representante da TMais.

A Win Motorsport, que assim como Pizzonia estréia esse ano na Stock Car, também está trabalhando para encontrar o melhor comprometimento com o circuito. “Vamos melhorar o carro, ele está saindo um pouco de traseira”, afirma Elio Seikel, chefe da equipe. Alguns pequenos problemas foram detectados e a equipe já está trabalhando para deixar o bólido preparado para a classificação e a corrida. “É uma pista complicada. O desgaste dos pneus traseiros é grande, mas estamos nos munindo quanto a isso”, atesta o dirigente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *