Stock: Previsão de chuva em Santa Cruz preocupa Luciano Burti

Piloto do Peugeot número 14 admite desconforto com a baixa visibilidade.

Para o paulista Luciano Burti, cada corrida em Santa Cruz do Sul é especial. Dono do recorde oficial do circuito do interior gaúcho desde 2006, quando registrou a melhor volta da corrida com o tempo de 1:21.896, o piloto do Peugeot número 14 ainda não trouxe de lá a vitória – que, em 2006, parecia assegurada.

Na ocasião, Burti largou na pole position e liderava com grande margem quando a quebra imprevisível de um cubo de roda forçou sua desistência. A compensação poderia ter sido o segundo lugar que obteve no ano passado, mas nem mesmo este bom resultado apaga o gosto amargo daquela quebra.

“Santa Cruz tem uma dívida comigo”, admite Luciano. “É um circuito de que gosto muito. Tem todos os tipos de curvas, subidas, descidas, freadas fortes e pontos de ultrapassagem. É uma pista que exige um carro completo, muito bem acertado. Sempre ando bem lá, minha pior posição de largada foi o quarto lugar, mas a vitória me tem escapado por entre os dedos”.

A única coisa que pode estragar o otimismo de Burti neste fim de semana é a previsão de tempo. Segundo os mais variados institutos, os treinos da quinta-feira serão realizados sob pancadas de chuva; a prova de classificação, na sexta-feira, sob chuva contínua. A única dúvida é o sábado, dia da corrida: segundo algumas previsões, será com chuva; por outras, a possibilidade de chuva será restrita.

“Esta é a má notícia”, lamenta Burti. “Sob chuva a visibilidade cai a níveis perigosos. Desde o kart até a Fórmula 1, sempre adorei piso molhado, é um desafio maior do que o seco porque o resultado depende mais da habilidade do piloto do que da qualidade do equipamento. Mas na Stock o risco é muito grande, não se vê quase nada. Mas vamos lá, seja como for, vou lutar pela vitória. Espero que esta seja a minha vez de ver Santa Cruz de cima do degrau mais alto do pódio”, anima-se o piloto da Peugeot.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *