Stock: RC3 Bassani larga em 17º e 21º em Curitiba

Equipe vem sofrendo com a direção hidráulica em todos os treinos.

Praticamente uma vitória. Este foi o sentimento da equipe Itaipava Racing Team após o treino classificatório da Copa Nextel Stock Car, que aconteceu neste sábado (11 de abril) no Autódromo Internacional de Pinhais, em Curitiba, Paraná. O time, somando-se a outras equipes da categoria, vem sofrendo com um problema crônico no sistema da direção hidráulica. Uma das peças do sistema simplesmente para de funcionar (quebra) e o volante fica muito pesado. E, quando funciona, fica com uma folga no volante, o que atrapalha muito os pilotos. Antonio Jorge Neto (Itaipava/Eurofarma/Café Pilão) marcou o 17º tempo e David Muffato (Itaipava/Café Pilão/Neve) foi o 21º. “Infelizmente a categoria neste momento está uma loteria. Quem tem o sistema de direção hidráulica, a caixa de direção, funcionando bem, desenvolve um bom trabalho. Como em outras equipes, nossos dois carros estão com problemas na direção. Quando não para de funcionar, fica com uma ‘folga’ que atrapalha no contorno das curvas. A categoria deve tomar uma medida para a próxima corrida em Brasília. Por conta de tantos problemas, é uma vitória estar largando onde estamos”, disse Eduardo Bassani, engenheiro da equipe.

 

Pelo menos outros 12 pilotos estão com o mesmo probelma. A pole position ficou com o paraibano Valdeno Brito. 

 

Na raça Antonio Jorge Neto marca o 17º tempo

 

O campineiro Antonio Jorge Neto foi um dos pilotos que mais está sofrendo neste fim de semana em Curitiba. Com problemas desde o primeiro treino, ele conseguiu utilizar pneus zeros somente na tomada de tempos. “Não consegui trabalhar nada neste fim de semana. Depois dos problemas na caixa de direção ontem, a equipe ficou até as três da manha para trocar todo o sistema. Hoje, no treino antes da tomada de tempos, completei uma volta e quebrou novamente. Voltaram a trabalhar no carro e me deram condições de ir para a pista no treino classificatório. No fim, o mesmo problema. O volante ficou pesado e tive que recolher. Estar largando em 17º é um premio”, disse Neto.

 

Para a prova, mais torcida do que estratégia. “Infelizmente tenho que torcer para não ter problema. Completei apenas uma volta sem direção hidráulica e senti o esforço que tenho que fazer. Completar a corrida já será um grande resultado”, comentou o piloto da Itaipava Racing Team.

 

David Muffato sabe que a corrida é longa e a estratégia vai contar muito

 

David Muffato teve o problema da caixa de direção resolvido para o treino classificatório. Resolvido em parte. “Meu carro está ‘menos pior’ que o do Neto. Tenho o mesmo problema, mas consigo pelo menos ficar na pista. Como aqui em Curitiba tem muitos ‘bumps’ na pista, o carro reage bastante com os pulos. Na reta, por exemplo, a frente fica solta. É um absurdo. Na tomada de tempos passamos um pouco no nosso acerto. Poderíamos estar largando um pouco mais a frente. Perdemos uns décimos importantes”, comentou Muffato a classificação.

 

Para a prova, ele sabe que a estratégia será fundamental. “A corrida é muito longa e com dois pit stops obrigatórios. Se não tivermos problemas no carro estou bastante confiante. Em São Paulo largamos dos boxes e completamos em 12º. Vamos estudar uma boa estratégia e buscar o objetivo de marcar pontos”, finalizou o piloto da Itaipava Racing Team. 

 

A prova tem inicio as 11h00 e a Globo transmite os momentos finais dentro do Esporte Espetacular. O site Globo Esporte (www.globoesporte.com) transmite a corrida ao vivo a partir das 10h30. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *