Stock: Recorde de Giuliano Losacco desafia categoria em Curitiba

O primeiro dia de treinos oficiais e válidos pela classificação nesta sexta-feira já deve indicar se o recorde da pole no circuito misto será quebrado na volta da Stock Car a Curitiba para a segunda etapa da temporada. O bicampeão Giuliano Losacco (Medley) detém a melhor marca (1:20.563), registrada em maio do ano passado. Ele, no entanto, prefere não arriscar qualquer previsão.

“Meu carro estava muito bom naquela oportunidade. Tanto é verdade que liderei todos os treinos. Agora, ainda vamos precisar entrar na pista e sentir qual a nossa realidade. Além disso, passamos a correr com pneus de compostos um pouco mais duros em 2006. Na teoria, deveriam ser também um pouco mais lentos, mas ainda não deu para se ter uma idéia mais precisa se isso está acontecendo”, afirmou Losacco.

Curitiba é um dos circuitos preferidos de Losacco. Foi na capital paranaense que começou na Stock Car em 2003 e já chamando a atenção ao cravar a pole em sua corrida de estréia. Na temporada seguinte, quando conquistou o primeiro título e se tornou o mais jovem campeão da história da categoria aos 27 anos, estabeleceu o recorde da pole para o anel externo com o tempo de 49s896.

“Sempre me dei bem em Curitiba. A não ser pela segunda corrida de 2005, quando cheguei de muletas por causa do acidente na etapa anterior em Interlagos e fiquei em 12º no grid, minha pior posição de largada foi um 4º lugar. E mesmo nesse resultado deve ser levado em conta que os treinos foram bagunçados por causa da chuva”, lembrou Losacco, vencedor de uma prova na cidade em 2004.

Os treinos da sexta-feira serão os primeiros dentro do novo formato anunciado nesta semana pelos organizadores em substituição ao sistema repudiado por pilotos e equipes em Interlagos na abertura do calendário. Serão duas sessões de treinos oficiais de 45 minutos – Grupo 2, das 10h50 às 11h35; Grupo 1, das 11h40 às 12h25 – e uma classificatória conjunta de uma hora e meia, das 15h30 às 17h00 e limite de 15 voltas por carro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *