Stock: Renato Russo diz que nasceu de novo após acidente em Interlagos

O piloto Renato Russo, de 40 anos, nasceu de novo no dia 9 de dezembro de 2007. Isso é o que o próprio piloto diz, em sua primeira entrevista após se envolver no acidente que matou Rafael Sperafico durante a última etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Car Light, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Russo considera, agora, essa data como seu segundo aniversário.

“Eu nasci de novo. Quando se completar um ano desde o acidente, darei uma festa e os convidados terão que aparecer com roupa de criança”, disse Renato Russo, em tom de brincadeira, em uma entrevista ao jornal Diário de São Paulo.


O piloto contou que não tem lembrança alguma do acidente – Rafael Sperafico perdeu o controle de seu carro na curva do Café, bateu na proteção de pneus e voltou atravessado na pista. Infelizmente, foi o seu lado que ficou de cara para o carro de Renato, que não teve como evitar o choque a 200 quilômetros por hora.


“Os médicos me explicaram que isso é uma defesa do próprio organismo, que me poupa de traumas e complicações emocionais”, afirmou Russo, sobre seus lapsos de memória da hora do acidente. O piloto só soube da morte de Sperafico três dias depois, quando saiu da UTI do hospital São Luís, onde ficou internado até a última segunda-feira.


Sobre as causas do acidente, Renato Russo declarou que as proteções do seu carro o mantiveram vivo e que há três culpados: a colocação equivocada dos pneus na área de escape da curva do Café, as mudanças no regulamento da Stock Car Light e a falta de respeito entre os pilotos.


“O carro é muito seguro. Sofrendo pancada naquela posição, dificilmente alguém sobreviveria. Acho que o problema foi manter aquela proteção de pneus, colocada para a Fórmula 1. Infelizmente, muitos pilotos deixam a segurança de lado e questiono a formação de muitos que estão na Stock Car Light”, contou Russo.


Fonte: Gazeta Esportiva.Net


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *