Stock: Ricardo Maurício vence segunda prova em Curitiba

Ricardo Mauricio (Eurofarma RC/Chevrolet) venceu a prova curta da etapa de Curitiba, no Paraná. Rubens Barrichello (Full Time Competições/Chevrolet) e Galid Osman (Ipiranga-RCM /Chevrolet) completaram o pódio.

A prova começou com o Safety-Car a frente dos carros. Com três voltas, a bandeira verde foi agitada. Na volta seguinte, Barrichello superou Osman, pelo segundo lugar.

O Safety-Car foi acionado mais uma vez durante a prova, após Fabio Fogaça (Schin Racing Team/Peugeot) ficar parado na pista, na quarta volta.

Pole-position (dez primeiros da primeira prova invertidos), Maurício venceu de ponta a ponta. Ele chegou a ser superado por Barrichello na oitava volta, mas antes do final da volta, recuperou a ponta.

Com o retorno da chuva forte, nos minutos finais, Maurício manteve o controle, para vencer pela primeira vez no ano. Barrichello e Osman completaram o pódio.

“Tive um grande benefício por não ter ninguém na minha frente, pois não tinha o spray. A disputa com o Rubinho foi super bacana, mais uma vez. Consegui tracionar um pouco melhor na reta oposta, usei o push e fiz a ultrapassagem. A gente precisava dessa vitória, toda a equipe. Esse está sendo um ano difícil. Mas estou muito feliz com essa conquista, a minha quarta vitória aqui em Curitiba. Foi difícil, mas foi gratificante no final”, comentou Ricardo Maurício.

“Eu não tinha noção de quanto ele estava perto ou não. Foi onde ele teve a chance. Mas acho que mesmo se ele não tivesse ultrapassado ali, ele chegaria forte. Para mim foi um final de semana excelente”, comentou Barrichello. 

Cacá Bueno (Red Bull Racing/Chevrolet) foi o quarto, seguido por Sérgio Jimenez (Voxx Racing Team/Peugeot) e Daniel Serra (Red Bull Racing/Chevrolet).

Thiago Camilo (Ipiranga-RCM/Chevrolet), Átila Abreu (Mobil Super Racing /Chevrolet), Max Wilson (Eurofarma RC/Chevrolet) e Gabriel Casagrande (C2 Team /Chevrolet) fecharam os dez primeiros.

Abreu lidera o campeonato com 119,5 pontos, seguido por Barrichello com 113 e Jimenez com 109.
       
Final:

1. Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – 13 voltas em 22min26s496
2. Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 2.866
3. Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 3.380
4. Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 4.180
5. Sergio Jimenez (Voxx Racing Team) – a 5.107
6. Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 5.268
7. Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 6.280
8. Átila Abreu (Mobil Super Racing) – a 11.619
9. Max Wilson (Eurofarma RC) – a 12.732
10. Gabriel Casagrande (C2 Team) – a 15.445
11. Diego Nunes (C2 Team) – a 16.500
12. Raphael Matos (Hot Car Competições) – a 16.865
13. Lucas Foresti (RC3 Bassani) – a 17.203
14. Nonô Figueiredo (Mobil Super Racing) – a 17.792
15. Marcos Gomes (Schin Racing Team) – a 21.425
16. Felipe Fraga (Vogel Motorsport) – a 22.657
17. Luciano Burti (Vogel Motorsport) – a 27.185
18. Vitor Genz (Boettger Competições) – a 27.902
19. Popó Bueno (Shell Racing) – a 59.682
20. Antonio Pizzonia (Prati-Mico’s Racing) – a 1volta
21. Julio Campos (Prati-Mico’s Racing) – a 1 volta
22. Allam Khodair (Full Time Sports) – a 1 volta
23. Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – a 2 voltas
24. Tuka Rocha (RZ Motorsport) – a 2 voltas
25. Valdeno Brito (Shell Racing) – a 3 voltas
26. Denis Navarro (Voxx Racing Team) – a 4 voltas
27. Rafael Suzuki (ProGP) – a 4 voltas
Não completaram 75% da prova
28. Fabio Fogaça (Schin Racing Team) – a 9 voltas
29. Felipe Tozzo (Boettger Competições)
*Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

A próxima etapa da categoria será disputada no autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita (RS), dia 14/09. Novamente em formato de rodada dupla

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *