Stock: Ricardo Sperafico fica sem pneus em Campo Grande

Apesar do bom começo, ainda não foi desta vez que Ricardo Sperafico, da equipe W. A. Mattheis/Panasonic/307, marcou seus primeiros pontos na Stock Car. Domingo (dia 03/6), ele disputou a terceira etapa do Campeonato Brasileiro da categoria, no Autódromo de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. Com seus pneus de carro completamente dechapados, ele abandonou a prova na 22ª volta, a sete do final.


Segundo Ricardo Sperafico, o início de prova foi bom, quando pode andar no mesmo ritmo dos ponteiros, mas logo os pneus traseiros começaram a se deteriorar e o carro ficou incontrolável. “Com pneus ficaram totalmente gastos. Não conseguir detectar se foi um problema dos pneus ou alguma coisa no carro. Os técnicos só vão ficar sabendo quando o carro voltar para a oficina. Como carro está incontrolável, o risco de causar um acidente era muito grande e preferi parar por segurança pessoal e também dos meus concorrentes”, afirma Ricardo Sperafico.

A vitória em Campo Grande foi do paranaense Tarso Marques, que completou as 29 voltas da prova em 47m39s124, andando à média horária de 125,35 km/h. Em segundo chegou Thiago Camilo (SP), classificando-se à frente de Marcos Gomes (SP), Cacá Bueno (RJ), Ingo Hoffmann (SP), Ricardo Mauricio (SP), Daniel Serra (SP), Ruben Fontes (GO), Luciano Burti (SP) e Paulo Salustiano (SP), que pela ordem completaram as 10 primeiras posições da corrida.

Com o segundo lugar em Campo Grande, Thiago Camilo assumiu a liderança com 40 pontos, seguido por Daniel Serra, com 37 e Ricardo Maurício, com 35. Rodrigo Sperafico, irmão gêmeo de Ricardo, que dominou a etapa anterior, em Curitiba, quando largou na pole position e venceu de ponta a ponta, teve uma série de problemas na pista sul-mato-grossense, e caiu da liderança do campeonato para a quarta colocação, com 31 pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *