Stock: Rodas voadoras complicam AMG em Curitiba

Dessa vez foi Átila que perdeu a roda, quando ocupava a 8ª. posição na corrida. Lico, que sofreu com o problema durante todos os treinos, terminou em penúltimo.

Muita frustração nos boxes da AMG Motorsport ao final da 2ª. corrida da Copa Nextel Stock Car, realizada hoje, no autódromo de Curitiba. A dupla de pilotos da equipe, Átila Abreu e Lico Kaesemodel não marcou nenhum ponto em função dos vários problemas com as rodas voadoras durante todos os treinos e corrida do fim de semana. A vitória ficou com o paraibano Valdeno Brito, que largou na pole e liderou até o final. O pódio foi completado por Cacá Bueno e Thiago Camilo.

Os problemas nos boxes da AMG já começaram durante os treinos livres, com as rodas voadoras de Kaesemodel, que sequer conseguiu dar uma volta. E hoje foi a vez de Átila abandonar, depois de fazer uma largada espetacular, quando pulou da 19ª. para a 10ª posição, vinha num ritmo forte e já ocupava a 8ª. posição, quando a roda dianteira esquerda de seu carro escapou. “Em função de um erro de acerto larguei mal, na 19ª. posição, mas na corrida mostramos poder de recuperação. Estava competitivo e quando a roda escapou era o mais rápido da pista. Uma pena, infelizmente sofremos com esse problema durante todo fim de semana”, lamentou Átila.

Segundo Maurício Matos, chefe da equipe AMG, foi seguida a instrução do fabricante. “Seguimos a recomendação do fabricante do carro para aumentar o torque de aperto das rodas e em função disso e ponta de eixo não agüentou… Lamentável, teremos de resolver isso brevemente. Todo o trabalho do fim de semana foi perdido e despencamos na classificação”, disse.

Lico também não conseguiu ser feliz em casa. O piloto paranaense, fez uma boa largada, pulando da 29ª para a 25ª. posição. Na volta 13, quando entrou para o primeiro pit, figurava em 20º. Porém, no segundo pit para troca de pneus, um problema no limitador prejudicou a recuperação do piloto. “O limitador travou, tive de voltar ainda duas vezes para o boxe e no fim só consegui completar a corrida. Foi um fim de semana para esquecer”, lamentou Lico.

Assim, os pilotos despencaram na classificação. Lico que ocupava o 6º lugar está agora em 11º., enquanto Átila que era 7º. , caiu para 13º. A liderança saiu das mãos de Paulo Salustiano e foi para Valdeno Brito, o vencedor hoje. A próxima etapa está marcada para o dia 3 de maio, em Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *