Stock: Rodrigo Sperafico vence e assume liderança

O paranaense Rodrigo Sperafico fez mais do que vencer pela primeira vez na Stock Car. Ao ganhar a segunda prova da temporada, neste domingo no Autódromo Internacional de Curitiba – Pinhais, o piloto da Action Power assumiu a liderança do campeonato e quebrou um tabu de 16 anos sem vitórias de um local na capital paranaense. Thiago Camilo (Vogel/Texaco) foi o 2º e Allam Khodair (Boettger) completou o pódio. Com os resultados deste domingo, a classificação embolou e confirma que a briga por uma vaga aos playoffs decisivos deverá ser equilibrada até à oitava etapa, quando serão conhecidos os 10 pilotos que decidirão o título nas últimas quatro corridas.

Rodrigo saiu na pole e liderou de ponta a ponta uma prova cujas maiores emoções estavam reservadas para o início e o fim. Logo na segunda volta, o então líder Ricardo Maurício (Medley) abandonou com o motor quebrado quando corria em 7º. Mas foi seu companheiro Marcos Gomes quem levou o maior susto pouco antes da metade da corrida. O pneu esquerdo dianteiro estourou na segunda perna do Esse de alta e Gomes só não bateu forte contra as barreiras de proteção porque conseguiu manter o carro na caixa de brita. “Eu vinha bem e correndo com a cabeça para chegar aos pontos. Já estava em 16º e terminaria entre os 10. Foi preocupante, porque naquele trecho a gente chega aos 180 quilômetros por hora”, comentou.

Pressionado por Cacá Bueno (RC), que estabeleceu a volta mais rápida, Thiago Camilo não deu trégua a Rodrigo por toda a corrida. Até que, já próximo da bandeirada, Ricardo Zonta perdeu o controle do carro na curva do fim da reta dos boxes e mandou Cacá para a área de escape com a roda traseira esquerda quebrada. Depois da entrada e saída do safety car, sobrou apenas uma volta, suficiente para Rodrigo conservar a ponta e cruzar a linha de chegada sob os aplausos do público curitibano.

“Graças a Deus acabou o jejum. O carro estava bem equilibrado, eu estava mais rápido em uma parte da pista e o Camilo em outra. Consegui administrar e agora é comemorar. Depois da pole, veio a vitória e agora o objetivo é o título”, festejou o vencedor,

Com a 10ª colocação em São Paulo, Rodrigo alcançou o topo da tabela com 31 pontos, contra 28 de Daniel Serra (Red Bull) e 25 de Ricardo Maurício e Felipe Maluhy. Apesar da queda, Maurício – que recebeu a visita de Daiane dos Santos, Danielle Hypólito, Laís Souza e as demais meninas da seleção brasileira de ginástica – manteve a tranqüilidade. “Claro que não estou feliz. Queria sair daqui ainda na frente e estava só pensando em fazer uma prova sem grandes riscos, para chegar em 5º ou 4º. Mas o motor começou a falhar e, de repente, simplesmente apagou. O prejuízo acabou não sendo tão grande porque as posições finais me ajudaram”, concluiu.

Para completar o domingo sem brilho, Guto Negrão também chegou bem mais cedo do que o previsto nos boxes da equipe Vivanz 307 Racing. Ele parou na terceira volta com o câmbio travado na segunda marcha na curva do Pinheirinho.

O resultado da prova foi este:
1º) Rodrigo Sperafico (VB, 32 voltas em 47:16.012 (média de 150,09 km/h)
2º) Thiago Camilo (CA), a 0.269
3º) Allam Khodair (CA), a 1.691
4º) Duda Pamplona (ML), a 3.001
5º) Daniel Serra (VB), a 4.507
6º) Giuliano Losacco (CA), a 4.694
7º) Luciano Burti (VB), a 5.012
8º) Antonio Jorge Neto (ML), a 7.246
9º) Jader David (VB), a 9.034
10º) Alceu Feldmann (CA), a 9.777
11º) Felipe Maluhy (ML), a 10.211
12º) Ingo Hoffmann (ML), a 10.757
13º) Felipe Gama (CA), a 11.393
14º) Lico Kaesemodel (ML), a 11.534
15º) Enrique Bernoldi (VB), a 12.280
16º) Ruben Fontes (P3), a 12.734
17º) Chico Serra (P3), a 13.052
18º) David Muffato (VB), a 14.176
19º) Hoover Orsi (VB), a 14.483
20º) Valdeno Brito (P3), a 15.895
21º) Gualter Salles (CA), a 16.278
22º) Ricardo Zonta (P3), a 1 volta
23º) Paulo Salustiano (CA), a 1 volta
24º) Juliano Moro (ML), a 1 volta
25º) Ruben Carrapatoso (CA), a 1 volta

A nova classificação do campeonato:
1, Rodrigo Sperafico, 31 pontos;
2, Daniel Serra, 28;
3, Ricardo Maurício e Felipe Maluhy, 25;
5, Thiago Camilo, 20;
6, Giuliano Losacco, 17;
7, Ingo Hoffmann e Allam Khodair, 16;
9, Hoover Orsi, 14;
10, Luciano Burti, 11.

Próxima etapa: Campo Grande, dia 3 de junho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *