Stock: Ruben Fontes fica desapontado após treino classificatório

A condição de pista seca em alguns pontos e molhada em outros provocou neste sábado (18), vários acidentes, rodadas e saídas de pistas no treino que definiu o grid para a sexta etapa da Stock Car, neste domingo em Santa Cruz do Sul.

Na disputa pela super pole, entre os dez primeiros na primeira parte do classificatório, Rodrigo Sperafico levou a pole com a marca de 1min25s566, média de 148.516 km/h. O líder do campeonato Thiago Camilo vai largar na segunda posição.

As circunstâncias de bandeiras vermelhas beneficiaram e prejudicaram os competidores. O vencedor da etapa no ano passado, Ruben Fontes, não conseguiu sequer dar um volta boa com set de pneus novos. Estava desapontado ao fim do treino.

“Se eu tivesse tido pelo menos uma volta limpa, acho que estaria entre os dez primeiros para tentar a super pole”, supõe o piloto da equipe Neo Química – Neosoro/JF Racing, cuja expectativa caiu para a corrida com a 28ª posição no grid.

Além do trânsito, ocasionado no retorno dos carros à pista após cada interrupção, o outro piloto Neo Química – Neosoro/JF Racing, Valdeno Brito, 12º no grid, enfrentou a dificuldade de classificar com peso extra de gasolina no tanque.

“Eu estava bem mais pesado, para evitar as falhas que ocorriam nas curvas no último treino livre de ontem. Penso que isso pode ter me tirado os milésimos que me faltaram para estar entre os dez primeiros”, avalia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *