Stock: Rubens e Ingo ganham 18 posições e finalizam entre os 10 melhores

Dupla da Medley Full Time faz uma corrida brilhante de recuperação e soma pontos.

Foi uma corrida de abertura digna do quilate da dupla campeã da Medley Full Time. Rubens Barrichello e Ingo Hoffmann foram os pilotos que mais ganharam posições durante a primeira etapa da Stock Car 2015, realizada neste domingo (22) no Autódromo de Goiânia. A dupla do carro 111 largou da 27a colocação e foi escalando o pelotão. Atual Campeão da categoria, Rubens Barrichello fez uma primeira parte da prova muito agressiva, ganhando diversas posições e entregando o carro para Hoffmann na décima posição.
 
Quando assumiu o carro, o maior vencedor da Stock Car de todos os tempos mostrou que a competitividade ainda está em alta, mesmo com seus 62 anos. Ingo ultrapassou Bruno Senna e assumiu a nona colocação. Fez um prova muito consistente, embora tenha sofrido pressão dos demais adversários, e concluiu a prova na nona posição.
 
O resultado obtido pela dupla nesse domingo é o mesmo de 2014, quando Rubens andou junto com Augusto Farfus Jr, da DTM. Ao final dos 50 minutos de prova, Ingo não segurou e chorou copiosamente no carro, emocionando a todos nos boxes, inclusive, seu companheiro Rubens Barrichello.
 
“Foi demais. O cara (Ingo) é fantástico. Ele estava bravo porque não tinha conseguido tirar tudo que ele queria do carro na classificação, mas mostrou o talento incrível que ele tem. A gente iniciou bastante forte, quando fui ganhando várias posições. Assim, ele se manteve brilhantemente e conseguimos os mesmos pontos que obtivemos no ano passado, nos ajudando a iniciar o campeonato somando pontos. Só tenho que agradecer ao Ingo por dividir todos esses momentos incríveis com a gente nesses dias”, comentou Rubens Barrichello.
 
“Primeiro de tudo, tenho que enaltecer a coragem do Rubinho em me convidar. Eu tive dois momentos incríveis, que foi a minha despedida em 2008, e fechei com chave de ouro a minha trajetória na Stock Car com a prova de hoje. Agora, posso dizer que estou muito feliz. Mas, já avisei o Rubens que foi minha última corrida, então, tem que procurar alguém para o ano que vem. ”, brincou o doze vezes campeão da Stock Car.
 
Para Maurício Ferreira, chefe de equipe da Medley Full Time, o resultado de corrida foi bem satisfatório pensando no campeonato. “Após uma classificação em que enfrentamos algumas dificuldades, o resultado de hoje foi ‘sensacional’. Fizemos um pit muito bom, com a troca de pilotos e estratégia. E depois, a gente sabia que o Ingo, com 62 anos de idade, teria mais dificuldades na classificação. Mas na corrida essa falta seria menor, nos ajudando a trazer os pontos iniciais para casa. Eu não tenho costume em me atentar nas coincidencias, mas fizemos a mesma colocação de 2014. Espero que as próximas sejam iguais também”, comentou o engenheiro de 36 anos.
 
Agora, a Stock Car se reúne em duas semanas, nas ruas de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, para a primeira rodada dupla – duas corridas no mesmo dia – da temporada, no dia 5 de Abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *