Stock: Serrinha é quarto, Hoover 16º no grid de Interlagos

A Red Bull Racing voltou a brigar pela pole na Super Classificação neste sábado em Interlagos, nos treinos que definiram o grid para a quarta etapa da temporada 2007 da Copa Nextel Stock Car.

Pole na etapa anterior na capital paulista, em abril, Daniel Serra conquistou a quarta posição no grid para a corrida de amanhã, marcando 1:40.748 em sua melhor volta, 0.6s atrás do pole position Antônio Jorge Neto. O piloto do Volkswagen Bora #29 dividirá a segunda fila com o companheiro de Neto na Eurofarma/RC Competições (e também piloto Red Bull), Cacá Bueno. Líder nos treinos de sexta, Thiago Camilo, da Texaco Vogel, acabou em segundo.

“Estou feliz”, resumiu Serrinha, vice-líder do certame com 37 pontos, três a menos que Camilo. “Não começamos muito bem nos treinos de sexta, mas conseguimos evoluir bastante na classificação, e sinto que temos um bom acerto para a corrida amanhã. Depois de um quinto em Curitiba e um sétimo em Campo Grande, o que eu mais quero aqui é terminar novamente no pódio”.

Para Hoover Orsi e o VW Bora #12, a sorte esteve ausente mais uma vez. Uma fina garoa atingiu o Autódromo José Carlos Pace nos minutos finais da classificação, prejudicando exatamente a melhor volta do sul-mato-grossense na sessão. Hoover acabou tendo de se conformar com o 16º lugar.

“Comecei a sessão com um carro razoável, mas quando colocamos o segundo jogo de pneus senti na hora que teria como melhorar meu tempo”, revelou. “Na volta de aquecimento dos pneus já garoava, mas ainda sem prejudicar a pista. Justamente na minha volta lançada, a chuva deu uma apertada. Consegui contornar o ‘S’ do Senna bem, mas na Curva do Lago o carro já espalhou na freada e destracionou na saída por causa da água. Saímos na pior hora, pois logo depois a chuva parou, mas infelizmente não há como prever isso. Paciência. Amanhã podemos brigar por pontos na corrida”. Apesar da decepção, Hoover elogiou os pneus trazidos pela Pirelli para São Paulo: “Pela primeira vez nesse ano não houve diferença de um jogo para outro, ao menos no meu caso. Sei que essa foi uma reclamação de vários pilotos nas etapas anteriores, e, aqui, o problema parece ter sido finalmente resolvido”.

Entre o azar de Hoover e o bom resultado de Serrinha, o chefe da equipe Red Bull Racing, Amir Nasr, acabou dividido.

“O sentimento é de meia felicidade, se é que isso existe”, brincou Amir. “Não tenho dúvidas que, não fosse a chuva, teríamos colocado os dois carros na Super Classificação. O importante é que sabemos que tanto o Serrinha quanto o Hoover estão competitivos e, com um pouco de sorte, vão brigar pelas primeiras posições na corrida. Aqui o safety car costuma entrar várias vezes, portanto tudo pode acontecer amanhã”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *