Stock: STJD confirma vice-campeonato de Cássio Homem de Mello na Stock Jr. 2006

Tribunal nega provimento aos recursos da CBA e do piloto Thiago Riberi por cinco votos a zero.

Novamente por unanimidade, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) confirmou nesta quinta-feira (dia 13), no Rio de Janeiro (RJ), o título de vice-campeão da Stock Jr. 2006 ao piloto paulista Cássio Homem de Mello.


O tribunal negou provimento aos recursos da CBA e do piloto Thiago Riberi, e manteve integralmente a decisão da Comissão Disciplinar do STJD, anunciada em março deste ano. Sendo assim, por cinco votos a zero, prevaleceu o disposto no regulamento da categoria quanto ao critério de descartes de pontos, que obriga que os pilotos descartem os dois piores resultados das 12 etapas ao término da competição, e não os quatro piores como queriam a entidade e o piloto Thiago Riberi.


Ao final da temporada de 2006, Thiago Riberi foi declarado vice-campeão equivocadamente, uma vez que a soma da pontuação final do piloto estava em desacordo com o CDA (Código Desportivo do Automobilismo), que no artigo 116 – parágrafo 1º, estabelece:


“Pilotos excluídos, desclassificados, ou que estiverem cumprindo suspensão, NÃO PODERÃO TER ESSES RESULTADOS CONSIDERADOS COMO DESCARTE”.


Por atitude antidesportiva, Riberi foi excluído da etapa de Campo Grande (MS) de 2006, ficando vetado de descartar a pontuação referente ao resultado desta etapa.


No final de março, os cinco auditores da Comissão Disciplinar do STJD/CBA deram integral provimento, por unanimidade, ao recurso impetrado por Homem de Mello, transferindo ao piloto o título de vice-campeão de 2006.


Na temporada 2007, Cássio Homem de Mello foi o recordista de vitórias na categoria, subindo três vezes ao lugar mais alto do pódio. Com o cancelamento da última etapa, em virtude do acidente que vitimou o piloto Rafael Sperafico na Stock Car Light, domingo passado, em Interlagos, o piloto não teve a chance de brigar pelo vice-campeonato novamente e terminou a temporada em terceiro lugar.


“Estou feliz com o resultado, porque foi feito justiça. Sempre soube que eu merecia esse vice-campeonato e agora mais do que nunca o resultado está confirmado. Infelizmente, não pude disputar o vice novamente este ano, já que a prova foi cancelada, mas foi o mais sensato a se fazer depois do que aconteceu com o Rafael. Como não existe a possibilidade da corrida acontecer em outra data, o campeonato terminou assim. Mas sem dúvida foi uma temporada muito importante para a minha carreira também”, comentou Cássio.


Em 2008, o piloto disputará a GT3 Brasil e será companheiro de equipe do tricampeão Nelson Piquet, a bordo de um Ford GT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *