Stock: Stock Car: 8ª etapa da temporada é transferida para Cascavel

Fuso-horário desfavorável foi o motivo para que a principal categoria do automobilismo brasileiro corra na revitalizada pista do Oeste do Paraná

Em função do fuso-horário desfavorável, a 8ª etapa da Copa Caixa Stock Car será realizada no Autódromo Internacional de Cascavel-Zilmar Beux e não mais em Campo Grande (MS), que tem uma hora de atraso em relação do horário de Brasília. Uma largada às 8h30 seria muito cedo para os padrões brasileiros e a Organização foi buscar alternativas para solucionar a questão. E, dessa forma, Cascavel irá novamente receber uma prova da principal categoria do automobilismo brasileiro, coisa que não acontece desde 1992, nos dias 14, 15 e 16 de setembro.

“Venho acompanhando a reforma do autódromo de Cascavel desde os primeiros projetos apresentados pelo prefeito na sede da Vicar. Após várias visitas, constatei que nossas sugestões foram acatadas e o ritmo das obras é impressionante. Diante disso, e após analisar a rede hoteleira e infra-estrutura hospitalar da cidade, chegamos à conclusão que será possível trazer uma etapa da Stock Car ainda este ano para Cascavel”, declarou Carlos Col, presidente do Conselho da Vicar Promoções Desportivo.

Cascavel é conhecida como a ‘Capital do Oeste’ e conta hoje com cerca de 300 mil habitantes, sendo a 11ª maior cidade do Sul do Brasil. Com apenas 60 anos de existência, o jovem munícipio é pólo de uma região que abrange 94 municípios e mais de 1,8 milhão de pessoas.

Quando o assunto é o automobilismo, a tradição fala alto em Cascavel. O autódromo Zilmar Beux leva o nome do seu idealizado e desde março de 2011 é de propriedade do Município. Foi a partir dai que grandes investimentos foram feitos visando recolocar a cidade como um dos maiores centros do automobilismo brasileiro.

“O automobilismo brasileiro tem crescido muito e renovar nossos autódromos é extremamente necessário. Portanto não poderíamos deixar de prestigiar esta excelente obra de iniciativa da Prefeitura, que trará dividendos econômicos importantes para esta cidade cuja a população e apaixonada por automobilismo”, explicou Carlos Col.

Confira os dados sobre o circuito paranaense:

Autódromo Internacional de Cascavel-Zilmar Beux
Extensão da pista: 3.032 metros
Largura da pista: 12 metros
Sentido (curvas): anti-horário (7 curvas)
Ano de inauguração: 1970
Principais melhorias: revitalização completa do autódromo; recapeamento total da pista; alargamento da pista de 9 para 12 metros; trecho de 220 metros da pista em concreto; zebras no padrão FIA; ampliação das áreas de escape; construção de 36 novos boxes completos no padrão FIA e parque fechado; heliponto; área de lazer (camping, restaurantes/lanchonete); estacionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *