Stock: Thiago Camilo confirma pole e vence em Londrina

Cinco Chevrolet Astra entram no playoff.

Thiago Camilo e seu Chevrolet Astra #21 foram imbatíveis durante a oitava etapa da Copa Nextel de Stock Car, disputada hoje no Autódromo Internacional de Londrina (PR): o paulista largou na pole, fez a volta mais rápida da corrida e cruzou a bandeirada com 1s651 de vantagem sobre o segundo colocado, Giuliano Losacco. Allam Khodair, que conduziu o Chevrolet Astra #18, completou o pódio da prova, que durou 48m5s973. Com o resultado desta etapa cinco pilotos do Chevrolet Power Team garantiram lugar no playoff, a série de quatro etapas que definirá o campeão da temporada a partir do próximo fim de semana, quando o certame prossegue em Curitiba. Além de Camilo e Khodair também estão nessa lista o líder do campeonato Marcos Gomes, Valdeno Brito e Alceu Feldmann. Este número poderá aumentar para seis caso o Tribunal de Justiça Desportiva julgue correto o resultado oficial da segunda etapa da temporada, disputada em maio em Brasília. A decisão deve ser conhecida na próxima quinta-feira.


 


Disputada sob céu nublado, a corrida de Londrina começou com pista ligeiramente úmida, mas em condições que permitiam o uso de pneus slick. Camilo assumiu a liderança na largada e só deixou de ocupar a primeira posição durante a janela que os organizadores determinam para o pit stop obrigatório, quando acontece o reabastecimento compulsório de 10 litros de combustível. Vencida essa etapa da competição, Camilo recuperou naturalmente a posição que ocupou durante todo o final de semana e não deu chance aos seus 33 adversários e conquistou a sua quinta vitória no circo da Copa Nextel. Curiosamente, quatro delas foram conquistadas nesta pista, sendo que em duas oportunidades o paulista que defende a equipe Texaco Vogel ainda competia na categoria Light, hoje conhecida como Copa Vicar.


 


Ao descer do pódio Camilo comentou que a vitória de hoje começou nos treinos de ontem:


 


“A pole significou mais de 50% desta vitória já que esta pista é estreita e tem poucos pontos de ultrapassagem. Quando assumi a liderança na largada me preocupei em administrar a vantagem e escolher o melhor momento para fazer o meu pit stop.”


 


Ao seu lado, no pódio, Allam Khodair também era só alegria, comemorando seu terceiro resultado consecutivo entre os cinco primeiros e sua inclusão no playoff:


 


“Foi fantástico. Primeiro, pensamos em nos garantir no playoff e, conseguir isso entre os seis, é muito bom. Na corrida consegui manter um bom ritmo e sabia que o terceiro lugar era importante. Essa, talvez, tenha sido a corrida mais difícil da minha vida.”


 


No comando do Chevrolet Astra #80 Marcos Gomes terminou a etapa de Londrina na sexta posição e manteve a liderança no campeonato. Para alcançar o título Marcos quer trabalhar muito mais:


 


“A partir de agora vamos trabalhar dobrado, tanto eu quanto a minha equipe para ter um carro melhor que os dos meus adversários, para conseguir bons resultados nas quatro próximas corridas para ver se consigo ganhar o título.”


O vencedor da Corrida do Um Milhão de Dólares, Valdeno Brito (Chevrolet Astra #77), que já estava garantido no playoff completou a prova na 16ª posição. O paraibano entrou na fase final da competição em quinto lugar, com 212 pontos e disse que irá focado para as próximas etapas:


 


“Agora vou pensar corrida a corrida, para conseguir boas posições no grid de largada e bons resultados. Não temos nenhuma estratégia definida, afinal, cada piloto fará o melhor que pode. Vou para as corridas com o pensamento de vencer, mas se a vitória não vier acredito que chegar bem está de bom tamanho”.


 


Alceu Feldmann (Chevrolet Astra #6) não subiu no pódio em nenhuma etapa da temporada, mas sua regularidade lhe garantiu a nona posição no playoff com 207 pontos. Para as próximas etapas Feldmann quer focar seus esforços no acerto de seu carro:


 


“Precisamos fazer um bom acerto no carro para conseguir as melhores posições possíveis no grid e garantir bons resultados, sempre pensando em pontuar o máximo possível.”


 


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *