Stock: Thiago Camilo vence em Londrina sua primeira do ano

O paulista Thiago Camilo, líder da temporada 2007 sem vencer nenhuma prova, quebrou esse paradigma vencendo de ponta a ponta a etapa de Londrina (PR).

A pista paranaense não dispõe de muitos pontos de ultrapassagem, o que facilita ainda mais uma prova de muitos toques, principalmente a Stock Car onde todos os carros andam muito juntos. Porém nesse quesito, essa etapa foi bem atípica, com poucas batidas.

Na largada que acontece na reta oposta do circuito, Thiago Camilo manteve a ponta, com Valdeno Brito superando seu companheiro de equipe Ruben Fontes e assumindo o segundo lugar. Ricardo Maurício também aproveitou a largada e superou o campeão de 2006 Cacá Bueno, ganhando a quarta colocação.

Na terceira volta Hoover Orsi roda na pista sozinho, mas consegue retornar a corrida. Carlos Alves tem a lateral do seu Bora solta devido a um toque deixando pedaços do carro pela pista, sendo pegos por Carrapatoso, Marcos Gomes e Júlio Campos, porém sem problemas para esses pilotos.

Ruben Fontes erra uma entrada de curva na sexta volta e vai para a grama, retornando a pista mas perdendo muitas posições.

Daniel Serra e Juliano Moro travam belo duelo na luta pela 8ª colocação. Na oitava volta, Alan Hellmeister força uma ultrapassagem e ganha a posição de Tarso Marques, que devido ao toque acabou perdendo a porta do seu Mitsubishi, o que lhe obrigaria a abandonar algumas voltas depois.

O irmão de Tarso, Thiago Marques balançando seu Bora força e ultrapassa Fábio Carreira, ganhando assim a 13ª posição na volta de número 11.

David Muffato bate contra o muro na entrada do “S” e abandona, porém sem gravidade ao piloto.

Na volta 16, Burti roda sozinho na saída de curva, obrigado Alceu Feldmmann a fazer o mesmo e evitar o choque com o ex-piloto da Ferrari na Fórmula 1. Alan Hellmeister não consegue desviar e acerta Burti, os demais pilotos que vinham atrás são obrigados a fazer um “espalha” pela pista para evitar um acidente de grandes proporções.

Pedro Gomes, famoso pelos toques em suas ultrapassagens, faz uma manobra limpa e ganha a 13ª posição de Ruben Carrapatoso na volta 17. Duas voltas depois, Carrapatoso leva um toque de Carlos Alves e acaba indo para a grama perdendo mais posições. Carlão é punido pela direção de prova. Orsi mais uma vez roda e vai para a grama.

Luciano Burti, depois da rodada e do toque não consegue ter um bom rendimento do seu carro e abandona na 22ª volta.

Restando 9 voltas para o final, Valdeno Brito começa a forçar o ritmo e se aproximar do líder Thiago Camilo tentando no final da prova lutar pela vitória.

Marcos Gomes força e toca em Conde, que roda e vai parar na grama. A direção de prova julga que o campeão da Stock Light de 2006 poderia ter evitado e toque e pune o piloto.

Ainda no final da prova, em pontos diferentes da pista Daniel Serra e Antonio Pizzonia, que faz sua estréia na categoria nacional rodam. Pizzonia termina a prova na última colocação, 4 voltas atrás do líder.

No final, vitória de ponta a ponta de Thiago Camilo no travado circuito de Londrina. Valdeno Brito e Ricardo Maurício completam o pódio.

Camilo, que já era líder sem ter vencido na temporada, agora se consolida na liderança abrindo vantagem de 16 pontos em relação a Ricardo Maurício, o segundo colocado na geral.

A próxima etapa acontece em Santa Cruz do Sul (RS) no dia 19 de agosto.

Confira o resultado final da 5ª etapa da Stock Car V8 realizada em Londrina:

1º) (1) Thiago Camilo (SP/Vogel), Chevrolet Astra, 45min02s519
2º) (3) Valdeno Brito (PB/Neo Química-Neosoro/JF), Peugeot 307, a 1s148
3º) (5) Ricardo Mauricio (SP/A. Mattheis), Chevrolet Astra, a 8s207
4º) (4) Cacá Bueno (RJ/RC), Mitsubishi Lancer, a 15s296
5º) (6) Paulo Salustiano (SP/M4T), Chevrolet Astra, a 24s975
6º) (7) Nonô Figueiredo (SP/Officer-Pamplona’s), Mitsubishi Lancer, a 25s409
7º) (8) Ingo Hoffmann (SP/AMG), Mitsubishi Lancer, a 25s684
8º) (9) Juliano Moro (RS/Nascar), Mitsubishi Lancer, a 26s002
9º) (2) Ruben Fontes (GO/Neo Química-Neosoro/JF), Peugeot 307, a 31s827
10º) (11) Chico Serra (SP/Full Time), Peugeot 307, a 32s126
1º) (12) Rodrigo Sperafico (PR/Action Power 2), Volkswagen Bora, a 34s286
12º) (16) Pedro Gomes (SP/L&M), Peugeot 307, a 41s156
13º) (14) Thiago Marques (PR/Action Power), Volkswagen Bora, a 46s244
14º) (17) Mateus Greipel (SC/Gomesports), Volkswagen Bora, a 46s577
15º) (15) Giuliano Losacco (SP/Vogel), Chevrolet Astra, a 47s144
16º) (18) Felipe Maluhy (SP/Avallone), Mitsubishi Lancer, a 47s565
17º) (28) Ricardo Sperafico (PR/WA Mattheis), Peugeot 307, a 48s266
18º) (13) Fábio Carreira (SP/Hot Car), Chevrolet Astra, a 55s647
19º) (29) Popó Bueno (RJ/Hot Car), Chevrolet Astra, a 59s951
20º) (25) Antonio Jorge Neto (SP/RC), Mitsubishi Lancer, a 1min00s170
21º) (31) Allam Khodair (SP/Boettger), Chevrolet Astra, a 1min00s622
22º) (32) Duda Pamplona (RJ/Officer-Pamplona’s), Mitsubishi Lancer, a 1min01s600
23º) (27) Alan Hellmeister (SP/Katalogo), Chevrolet Astra, a 1min01s958
24º) (19) Alceu Feldmann (PR/Boettger), Chevrolet Astra, a 1min02s950
25º) (38) Guto Negrão (SP/WA Mattheis), Peugeot 307, a 1min08s622
26º) (30) Ruben Carrapatoso (SP/Katalogo), Chevrolet Astra, a 1min12s700
27º) (35) Carlos Alves (SP/Montecorp), Volkswagen Bora, a 1min14s937
28º) (23) Hoover Orsi (MS/Red Bull), Volkswagen Bora, a 1min17s756
29º) (34) Christian Conde (SP/Nascar), Mitsubishi Lancer, a 1min18s649
30º) (10) Daniel Serra (SP/Red Bull), Volkswagen Bora, a 1 volta
31º) (37) Marcos Gomes (SP/A. Mattheis), Chevrolet Astra, a 1 volta
32º) (24) Júlio Campos (PR/Gomesport), Volkswagen Bora, a 2 voltas
33º) (36) Antonio Pizzonia (AM/Win), Volkswagen Bora, a 4 voltas
 
NÃO COMPLETARAM(22) Luciano Burti (SP/Action Power), Volkswagen Bora, a 18 voltas
(26) Ricardo Zonta (PR/L&M), Peugeot 307, a 19 voltas
(21) David Muffato (PR/RC3-Bassani), Peugeot 307, a 20 voltas
(20) Tarso Marques (PR/Avallone), Mitsubishi Lancer, a 20 voltas
(33) Enrique Bernoldi (PR/Action Power 2), Volkswagen Bora, a 31 voltas

Após 5 etapas a classificação da Stock Car V8 é a seguinte:
1 Thiago CAMILO, 77 pontos
2 Ricardo MAURICIO, 61
3 Cacá BUENO, 57
4 Ingo HOFFMANN, 51
5 Rodrigo SPERAFICO, 42
6 Daniel SERRA, 37
7 Antonio JORGE Neto, 35
8 Felipe MALUHY, 34
9 Marcos GOMES, 32
10 Ruben FONTES, 30
11 Giuliano LOSACCO, 26
12 Tarso MARQUES, 25
13 Valdeno BRITO, 23
14 Hoover ORSI, 21
15 Paulo SALUSTIANO, Luciano BURTI, 18
17 Allam KHODAIR, 16
18 Juliano MORO, 15
19 Duda PAMPLONA, 14
20 Alceu FELDMANN, 13
21 Pedro GOMES, 12
22 Thiago MARQUES, 8
23 Renato JADER, e Chico SERRA, 7
25 Carlos ALVES, Christian CONDE e Popó BUENO, 4
28 Felipe GAMA, 3
29 Mateus GREIPEL e Lico KAESEMODEL, 2
31 Enrique BERNOLDI e Alan HELLMEISTER, 1 ponto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *