Stock: Thiago Camilo vence em Tarumã

Thiago Camilo (RCM Motorsport /Chevrolet) venceu neste domingo (30/09), em Tarumã, no Rio Grande do Sul, a 9ª etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Camilo no ano, e 11ª na categoria. Átila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing/ Chevrolet) e Daniel Serra (Red Bull Racing/ Chevrolet) completaram o pódio.

Pole-position Allam Khodair (Vogel Motorsport/ Chevrolet) manteve a ponta na largada, seguido por Abreu e Camilo, que ganhou duas posições. Logo nas primeiras voltas Camilo, usando o botão de ultrapassagem (puss-to-pass), superou Abreu.

Khodair abriu uma confortável vantagem na ponta, até que pouco depois da metade da prova, teve o pneu traseiro direito furado. O piloto teve que entrar nos boxes, com Camilo assumindo a ponta.

Com o asfalto antigo a abrasivo, o desgaste dos pneus, principalmente do lado direito, levou os pilotos a duvidas quanto a um possível pit stop, para trocados compostos. Alguns pilotos tiveram que fazer a parada, contudo os ponteiros conseguiram se manter na pista, com as principais posições se mantendo até o final.

Nas duas voltas finais, as atenções se concentraram na intensa disputa entre Ricardo Mauricio (Eurofarma RC/ Chevrolet) e Cacá Bueno (Red Bull Racing/ Chevrolet) pela 4ª posição. Líder do campeonato, Bueno ainda tentou uma ousada ultrapassagem, por fora na curva um, na última volta. Maurício, vice-líder do campeonato, se defendeu,conseguindo descontar mais alguns pontinhos na tabela de pontos.

Camilo venceu após 37 voltas, com 0s947 de vantagem sobre Abreu. Serra foi o 3º.

“Foi uma corrida de sobrevivência. A preocupação com os pneus começou na quinta-feira, quando demos uma volta a pé pela pista e vimos que o asfalto parecia uma lixa. Acho que aconteceu o mesmo com as outras equipes e desde os treinos começamos a trabalhar no acerto pensando nessa questão. O ritmo inicial foi muito lento, mas era o que o carro proporcionava. A verdade é que o Allam estava mais rápido e no final o Átila começou a encostar. Depois ele comentou que eu estava administrando, mas disse a ele que o carro dele é que deveria estar piorando”, explicou. Agora com 113 pontos, ele assumiu o 4º lugar no campeonato e entrou de vez na briga pelo título.

Valdeno Brito (Shell Racing/ Peugeot), Max Wilson (Eurofarma RC/ Chevrolet), Denis Navarro (Vogel Motorsport/ Chevrolet), Nono Figueiredo (Mobil Super Pioneer Racing /Chevrolet) e Ricardo Zonta (Linea Sucralose/ Chevrolet) fecharam os dez primeiros. Khodair foi o 11º.

Bueno soma 131 pontos, dois a mais do que Maurício. Serra em 3º soma 117, seguido por Camilo com 113.

A próxima etapa será dia 21 de outubro em Curitiba.

Final:

1 – Thiago Camilo – RCM Motorsport – Chevrolet – 37 voltas em 41min48s299
2 – Átila Abreu – Mobil Super Pioneer Racing – Chevrolet – a 0s947
3 – Daniel Serra – Red Bull Racing – Chevrolet – a 5s206
4 – Ricardo Mauricio – Eurofarma RC – Chevrolet – a 7s888
5 – Cacá Bueno – Red Bull Racing – Chevrolet – a 8s153
6 – Valdeno Brito – Shell Racing – Peugeot – a 12s832
7 – Max Wilson – Eurofarma RC – Chevrolet – a 18s170
8 – Denis Navarro – Vogel Motorsport – Chevrolet – a 19s680
9 – Nono Figueiredo – Mobil Super Pioneer Racing – Chevrolet – a 24s277
10 – Ricardo Zonta – Linea Sucralose – Chevrolet – a 30s138
11 – Allam Khodair – Vogel Motorsport – Chevrolet – a 33s346
12 – Giuliano Losacco – Shell Racing – Peugeot – a 34s662
13 – Luciano Burti – Itaipava Racing Team – Peugeot – a 37s412
14 – Eduardo Leite – Hot Car Competições – Chevrolet – a 38s063
15 – Galid Osman – BMC Racing – Chevrolet – a 44s989
16 – Duda Pamplona – Officer ProGP – Chevrolet – a 45s900
17 – Popó Bueno – Linea Sucralose – Chevrolet – a 49s480
18 – Antonio Pizzonia – Comprafacil Nascar JF – Peugeot – a 52s819
19 – Diego Nunes – Hot Car Competições – Chevrolet – a 56s446
20 – Vitor Meira – Officer ProGP – Chevrolet – a 57s725
21 – Rodrigo Sperafico – Prati-Donaduzzi Racing – Peugeot – a 1min03s702
22 – Tuka Rocha – BMC Racing – Chevrolet – a 1min13s535
23 – David Muffato – Itaipava Racing Team – Peugeot – a 1 volta
24 – Julio Campos – Carlos Alves Comp. – Peugeot – a 1 volta
25 – Pedro Boesel – Comprafacil Nascar JF – Peugeot – a 1 volta
26 – Claudio Ricci – Bassani Racing – Peugeot – a 1 volta
27 – Patrick Gonçalves – Carlos Alves Comp. – Peugeot – a 1 volta
28 – Matheus Stumpf – Bassani Racing – Peugeot – a 2 voltas

Não completaram:

Ricardo Sperafico
Felipe Maluhy
Lico Kaesemodel
Xandinho Negrão

Campeonato:

1 – Cacá Bueno 131
2 – Ricardo Maurício 129
3 – Daniel Serra 117
4 – Thiago Camilo 113
5 – Átila Abreu 112
6 – Valdeno Brito 109
7 – Max Wilson 108
8 – Nonô Figueiredo 97
9 – Allam Khodair 92
10 – Julio Campos 87
11 – Luciano Burti 80
12 – Denis Navarro 64
13 – Galid Osman 61
14 – Lico Kaesemodel 57
15 – Duda Pamplona e Marcos Gomes 56
17 – Diego Nunes 46
18 – Antônio Pizzonia 45
19 – Ricardo Zonta 44
20 – David Muffato 35
21 – Ricardo Sperafico 33
22 – Xandinho Negrão e Pedro Boesel 31
24 – Rodrigo Sperafico 30
25 – Vitor Meira 29
26 – Felipe Maluhy 28
27 – Popó Bueno 24
28 – Tuka Rocha 20
29 – Eduardo Leite 17
30 – Giuliano Losacco 16
31 – Alceu Feldmann 9
32 – Patrick Gonçalves 4
33 – Diego Freitas 3
34 – Bruno Junqueira 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *