Stock: Thiago Camilo vence primeira prova em Santa Cruz do Sul

Thiago Camilo (Ipiranga-RCM Chevrolet) venceu neste domingo (28/09), em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, a primeira prova da nona etapa da temporada. Foi a 18ª vitória de Camilo na categoria. Daniel Serra (Red Bull Racing Chevrolet) e Allan Khodair (Full Time Competições Chevrolet) completaram o pódio.

Na largada, as luzes demoraram a apagar, com os carros acelerando antes.  Com isso os carros ficaram muito perto nas primeiras curvas, provocando muitos toques. Sergio Jimenez (Voxx Racing Team Peugeot) teve o carro muito danificado e foi para os boxes. Jimenez ainda conseguiu voltar a provas, nas voltas finais.

Pole-position, Camilo manteve a ponta, seguido por Khodair, Max Wilson (Eurofarma RC Chevrolet) e Serra.

Parceiro de equipe de Jimenez, Denis Navarro levou um toque de Tuka Rocha (RZ Motorsport), com o Safety-Car sendo acionado na quarta volta. Três voltas depois, a prova recomeçou.

Na 16ª volta, Beto Cavaleiro (Hanier Racing Peugeot) saiu da pista e bateu na barreira de pneus. O Safety-Car foi acionado novamente.

A bandeira verde foi acionada na 19ª volta. Na sequencia vários carros foram para os boxes, reabastecer e trocar pneus, entre eles Camilo. Dentro dos boxes, Popó Bueno (Shell Racing Chevrolet) e Nonô Figueiredo (Mobil Super Racing Chevrolet) se tocaram.

Na volta seguinte, Khodair e Serra entraram juntos nos boxes. Trocando apenas um pneu, contra dois de Khodair, o piloto da Red Bull, saiu na frente.

Líder naquele momento, Átila Abreu (Mobil Super Racing Chevrolet) foi para os boxes na 21ª volta. A equipe errou, e liberou Abreu com o galão de gasolina preso ao carro. O líder do campeonato teve que retornar aos boxes, para a retirada do galão e vistoria de um comissário técnico.

Camilo retornou a liderança, com Serra colado em sua traseira nas últimas voltas. No final, Camilo recebeu a bandeirada com 0s7 de vantagem sobre Serra. Khodair fechou o pódio.

“A pole foi essencial para o resultado. A corrida foi complicada, pois não esperava tantas entradas do safety car. Estou muito feliz pelo resultado. Não só pela minha vitória, mas pelo trabalho e reação da equipe, e também por ter voltado a briga pelo campeonato. Cheguei aqui 39 pontos atrás do Átila e saio a nove pontos. Consegui tirar uma diferença considerável dentro de um final de semana de corrida da Stock Car, que todo mundo sabe que é muito equilibrado”, comentou Thiago Camilo.

Marcos Gomes (Schin Racing Team Peugeot) terminou em quarto, seguido por Felipe Fraga (Vogel Motorsport Chevrolet) e Felipe Lapenna (Hot Car Competições Chevrolet). Antônio Pizzonia (Prati-Mico’s Racing/Peugeot), Júlio Campos (Prati-Mico’s Racing/Peugeot), Max Wilson (Eurofarma RC Chevrolet) e Raphael Matos (Hot Car Competições Chevrolet) completaram os dez primeiros. Com o grid invertido, Matos garantiu a pole para a prova curta.

Rubens Barrichello (Full Time Competições Chevrolet) terminou em décimo, mas levou 20 segundos de punição, por um toque em Galid Osman (Ipiranga-RCM Chevrolet) na volta final.

Final:

Corrida 1:
1. Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – 27 voltas em 41min59s283
2. Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 0.746
3. Allam Khodair (Full Time Sports) – a 5.523
4. Marcos Gomes (Schin Racing Team) – a 6.639
5. Felipe Fraga (Vogel Motorsport) – a 7.257
6. Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – a 9.006
7. Antonio Pizzonia (Prati-Mico’s Racing) – a 9.393
8. Julio Campos (Prati-Mico’s Racing) – a 9.892
9. Max Wilson (Eurofarma RC) – a 11.902
10. Raphael Matos (Hot Car Competições) – a 14.178
11. Lucas Foresti (RC3 Bassani) – a 17.506
12. Alceu Feldmann (Hanier Racing) – a 21.334
13. Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 21.795
14. Gabriel Casagrande (C2 Team) – a 22.453
15. Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 22.978
16. Diego Nunes (C2 Team) – a 23.301
17. Valdeno Brito (Shell Racing) – a 23.461
18. Rafael Suzuki (ProGP) – a 26.652
19. Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 32.155**
20. Felipe Tozzo (Boettger Competições) – a 50.757**
21. Bia Figueiredo (ProGP) – a 1:19.822
22. Átila Abre (Mobil Super Racing) – a 1:27.953
23. Ricardo Zonta (RZ Motorsport) – a 1 volta
24. Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 1 volta
25. Popó Bueno (Shell Racing) – a 5 voltas
26. Nonô Figueiredo (Mobil Super Racing) – a 7 voltas*
Não completaram 75% da prova
27. Luciano Burti (Vogel Motorsport)
28. Beto Cavaleiro (Hanier Racing)
29. Fabio Fogaça (Schin Racing Team)
30. Sergio Jimenez (Voxx Racing Team)
31. Denis Navarro (Voxx Racing Team)
32. Tuka Rocha (RZ Motorsport)
33. Vitor Genz (Boettger Competições) – Excluído por atitude antidesportiva contra Sérgio Jimenez
*Punido em 20 segundos por excesso de velocidade nos boxes
** Punido em 20 segundos por atitude antidesportiva contra Galid Osman
*** Punido em 20 segundos por atitude antidesportiva contra Bia Figueiredo
Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *