Stock: Treinos abrem o GP Bahia em Salvador nesta sexta-feira

A prova é válida pela sexta etapa da Copa Nextel Stock Car 2009.

A sexta-feira será histórica para a Stock Car. Assim que os motores forem ligados para o primeiro treino extra, marcado para as 10h20, na pista montada no Centro Administrativo da Bahia CAB, a principal categoria do automobilismo nacional realizará mais um sonho, fazendo sua primeira corrida em circuito de rua em 30 anos. A sessão abrirá a programação oficial da etapa, marcada para o domingo, a partir das 11h, com transmissão ao vivo pela Rede Globo de Televisão, dentro do Esporte Espetacular. A programação ainda prevê a disputa da quinta corrida da Stock Jr, divisão de formação da Stock Car.

Nesta quinta-feira houve a tradicional carreata da categoria, com a participação dos pilotos Ricardo Maurício, da Eurofarma RC (Chevrolet), Paulo Salustiano, da Vogel Motorsport (Chevrolet), Daniel Serra, da Red Bull Racing (Peugeot), e o baiano Diego Freitas. A concentração foi no Farol da Barra e, de lá, os pilotos seguiram por um trajeto de aproximadamente 5 km, que passa pela Avenida Oceânica, Casa de Iemanjá (Rua da Paciência) até chegar à Igreja de Santana do Rio Vermelho, na praia do Rio Vermelho, em frente ao Ponto de Acarajé da Cira, onde terminou a carreata.

Por ser a primeira participação da maioria dos pilotos em um circuito de rua, os treinos serão de vital importância. Afinal, é nele que os participantes poderão conhecer os detalhes do traçado de 2800 metros, com poucas opções de ultrapassagem. Para o piloto Átila Abreu, da AMG Motorsport (Peugeot), a atenção será fundamental. Com experiência em provas de rua, ele ressalta que os participantes não podem errar. “Em caso de desatenção, o consolo é o muro”, diz. Para amanhã, ele quer conhecer cada detalhe da pista montada no CAB. “A tomada de tempos será ainda mais importante, pois as ultrapassagens serão difíceis”, afirmou.

Em uma temporada que tem sido marcada pela variação no pódio, com cinco vencedores diferentes em cinco corridas realizadas, ficou claro que tudo pode acontecer. Agregue-se a isso o fato de ser a primeira experiência em rua para a maioria e um traçado desconhecido para todos. De qualquer forma, são ingredientes que tornarão ainda mais emocionante da disputa do dia 9.

A liderança da competição até o momento é do bicampeão Cacá Bueno, da Red Bull Racing (Peugeot), com 65 pontos. Em segundo está Max Wilson, da Eurofarma RC (Chevrolet), com 53, enquanto Antônio Pizzonia, da Amir Nasr Racing (Peugeot), com 51 pontos. Se a Super Final começasse agora, os outros sete pilotos classificados seriam Valdeno Brito (PB), 49; Marcos Gomes (SP), Ricardo Maurício (SP) e Átila Abreu (SP), 45; Allam Khodair (SP), 39; Paulo Salustiano (SP), 36; e Luciano Burti (SP), 34.

No que diz respeito à Super Final, vale lembrar que ela reunirá os dez melhores pilotos após as oito primeiras provas. Somente estes seguirão na disputa do título da Copa Nextel, sendo que os demais pilotos disputarão uma colocação a partir do 11º lugar. Na Super Final, os pilotos zerarão seus pontos obtidos, começando com a classificação de uma corrida, ou seja, o primeiro com 25, o segundo com 20, o terceiro com 16 até o décimo, com 6 pontos. Para evitar confusão com os demais, cada um somará 200 pontos de bônus. Para as quatro provas restantes, a pontuação será normal e os integrantes da Super Final receberão os pontos respectivos às colocações obtidas em cada etapa.

Os primeiros treinos da etapa acontecerão nesta sexta-feira. Estão programadas duas sessões extras para Copa Nextel e Stock Jr. O dia ainda reserva duas sessões de treinos livres para as duas categorias das 12h45 as 16h50. As tomadas de tempo ficarão para o sábado. No domingo, as atrações começam às 11h com Copa Nextel (50 minutos de duração). Logo depois, a partir das 12h45, será a vez da Stock Jr, 30 minutos.

Stock Jr.

O paulista João Marcelo tem sido o nome da Stock Jr. nesta temporada. O piloto venceu duas provas, ambas em São Paulo, e soma 89 pontos. A segunda colocação, 9 pontos atrás, é do sorocabano Fabio Fogaça, e a terceira está com o também paulista Rodrigo Barone, vencedor da etapa de Brasília, com 65 pontos. A expectativa é de que aconteçam muitos pegas e trocas de posições até a bandeirada final como vem acontecendo nessa terceira temporada da categoria de abertura da Copa Nextel Stock Car. E como não poderia ser diferente, a etapa de Salvador terá 6 baianos em seu grid de largada.

A classificação após quatro provas é a seguinte: 1) João Marcelo,89 ; 2) Fabio Fogaça,80; 3) Rodrigo Barone,65; 4) Pedro Boesel,60; 5) Beto Cavaleiro,43; 6) Franklin Trupel e Wagner Pagotto,39; 8) Patrick Gonçalves,29; 9) Adriano Amaral,27; 10) Rafael Negrão,25.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *