Stock: Valdeno Brito vence em Curitiba

Valdeno Brito (Shell Racing/Peugeot) venceu neste domingo (15/04), no Autódromo Internacional de Curitiba – Pinhais, a 2ª etapa da temporada. Foi a 4ª vitória do paraibano na categoria. Max Wilson (Eurofarma RC/ Chevrolet) e Atila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing/ Chevrolet) completaram o pódio.

Segundo no grid, Brito assumiu a ponta na largada, ao ultrapassar o pole-position Allam Khodair (SER-Glass Vogel Motorsport/Chevrolet). No restante da prova, de 40 minutos mais uma volta, Brito não foi ameaçado, e ainda contou com os problemas de diversos favoritos. 

“Foi muito boa a largada, e também fundamental para a conquista da vitória, porque sabia que alguns pilotos viriam em um ritmo muito forte”, comentou o piloto do carro #77. “Não estava muito bem nos treinos, só na última hora, na classificação, arriscamos um acerto diferente e a gente sabia que se funcionasse, seria melhor ainda na corrida. Mesmo assim, havia expectativa sobre o comportamento do carro. Foi muito mais difícil do que apareceu para quem acompanhou pela transmissão na tevê ou aqui no autódromo”, completou Valdeno Brito.

Khodair levou uma punição por atitude anti-desportiva por um toque em Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet) , caindo para o final do pelotão. Cacá Bueno (Red Bull Racing/Chevrolet) abandonou logo no começo, com o motor estourado. Thiago Camilo (Ipiranga RCM/Chevrolet) abandonou, de levar um toque de Luciano Burti, (Itaipava Racing Team/Peugeot) e rodar.

Maurício terminou em 4º, seguido por Marcos Gomes (Medley FullTime Sports/Peugeot) e Daniel Serra (Red Bull Racing /Chevrolet).

Maurício lidera o campeonato com 35 pontos, um a mais do que Brito. Serra é o 3º com 30.

A próxima etapa está marcada para dia 6 de maio, no Velopark (RS).

Final:

Autódromo Internacional de Curitiba (PR), traçado misto (3.695 metros)

1.º) Valdeno Brito, Shell Racing (Peugeot) – 30 voltas, em 42min23s030
2.º) Max Wilson, Eurofarma RC (Chevrolet) – a 3s504
3.º) Atila Abreu, Mobil Super Pioneer Racing (Chevrolet) – a 4s867
4.º) Ricardo Mauricio, Eurofarma RC (Chevrolet) – a 5s603
5.º) Marcos Gomes, Medley FullTime Sports (Peugeot) – a 7s039
6.º) Daniel Serra, Red Bull Racing (Chevrolet) – a 11s534
7.º) Luciano Burti, Itaipava Racing Team (Peugeot) – a 14s831
8.º) Vitor Meira, Officer ProGP (Chevrolet) – a 16s069
9.º) Julio Campos, Carlos Alves Competições (Peugeot) – a 16s893
10.º) Nonô Figueiredo, Mobil Super Pioneer Racing (Chevrolet) – a 17s769
11.º) Antonio Pizzonia, Comprafacil JF Racing (Peugeot) – a 18s010
12.º) David Muffato, Itaipava Racing Team (Peugeot) – a 26s196
13.º) Lico Kaesemodel, RCM Credipar (Chevrolet) – a 27s989
14.º) Ricardo Sperafico, Prati-Donaduzzi Racing (Peugeot) – a 28s879
15.º) Diego Nunes, Hot Car Competições (Chevrolet) – a 29s317
16.º) Tuka Rocha, BMC Racing (Chevrolet) – a 31s041
17.º) Giuliano Losacco, Bassani Racing (Peugeot) – 32s101
18.º) Allam Khodair, SER-Glass Vogel Motorsport (Chevrolet) – 32s612
19.º) Galid Osman, BMC Racing (Chevrolet) – a 32s997
20.º) Rodrigo Sperafico, Prati-Donaduzzi Racing (Peugeot) – a 39s026
21.º) Pedro Boesel, Comprafacil JF Racing (Peugeot) – a 57s486
22.º) Eduardo Leite, Hot Car Competições (Chevrolet) – a 59s109
23.º) Alceu Feldmann, Shell Racing (Peugeot) – a 1min12s008
24.º) Denis Navarro, Neoquimica Vogel Motorsport (Chevrolet) – a 1 volta
25.º) Xandinho Negrão, Medley FullTime Sports (Peugeot) – a 1 volta
26.º) Popó Bueno, Linea Sucralose Racing Team (Chevrolet) – a 7 volta
Não completou 75% (=22 voltas)
27.º) Thiago Camilo, Ipiranga RCM (Chevrolet) – a 17 voltas
28.º) Ricardo Zonta, Linea Sucralose Racing Team (Chevrolet) – a 17 voltas
29.º) Rodrigo Navarro, Carlos Alves Competições (Peugeot) – a 19 voltas
30.º) Cacá Bueno, Red Bull Racing (Chevrolet) – a 25 voltas
31.º) Felipe Maluhy, Bassani Racing (Peugeot) – a 29 voltas
Melhor volta: Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer Racing) em 1min21s059

Classificação do campeonato:

1 – Ricardo Maurício – 35
2 – Átila Abreu e Valdeno Brito – 34
4 – Daniel Serra – 30
5 – Marcos Gomes – 26
6 – Nonô Figueiredo e Julio Campos – 25
8 – Cacá Bueno – 22
9 – Luciano Burti – 21
10 – Thiago Camilo, Allam Khodair e Max Wilson – 20
13 – Lico Kaesemodel – 19
14 – David Muffato – 17
15 – Vitor Meira – 13
16 – Antônio Pizzonia – 10
17 – Felipe Maluhy – 9
18 – Giuliano Losacco e Ricardo Sperafico – 7
20 – Denis Navarro, Rodrigo Sperafico, Galid Osman e Diego Nunes – 6
24 – Tuka Rocha – 5
25 – Pedro Boesel – 2
26 – Xandinho Negrão – 1


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *