Stock: Xandinho ainda é dúvida no grid em Curitiba

Piloto da Medley/Full Time Sports será reavaliado na próxima quinta-feira

Apesar da boa recuperação que vem apresentando, o piloto Xandinho Negrão (Medley/Full Time Sports) ainda não está garantido no grid da abertura da temporada da Stock Car em Curitiba no próximo dia 20. Nesta semana, Xandinho submeteu-se a consultas com o dr. Eduardo Benegas, cirurgião responsável pela implantação de seis pinos em sua clavícula esquerda e pelos reparos na fratura no dedinho da mão esquerda, e com o dr. Dino Altmann, médico-chefe da Stock Car. Uma nova avaliação foi marcada para quinta-feira, véspera do início dos treinos livres, no ambulatório do autódromo da capital paranaense.

Xandinho acidentou-se durante os ensaios do dia 23 de fevereiro na pista do Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo. Por causa de uma pane no sistema de freios dianteiros, o carro do piloto campineiro bateu forte contra o barranco no final da reta principal, decolou sobre a cerca de proteção de mais de dois metros de altura e caiu fora da área do autódromo com danos de grande monta – o chassi foi severamente danificado e poucas partes móveis poderão ser reaproveitadas.

Na quinta-feira, Xandinho retirou os pontos da cirurgia no ombro e permaneceu apenas com uma tala. As dores nas costas que sentiu por mais de uma semana depois da batida praticamente cessaram. “Só sinto um pouco de incômodo nos cotovelos, que também foram atingidos no acidente”, disse. Xandinho reiniciou as atividades físicas cinco dias depois de deixar o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, a pedido do dr. Altmann. “Ele me recomendou a bicicleta ergométrica para não perder o condicionamento físico. É isso o que venho fazendo. A ideia é estar preparado para correr da melhor forma possível”, explicou.

Xandinho está cumprindo uma corrida contra o tempo. A primeira etapa do calendário será realizada na margem do limite de quatro a seis semanas de repouso estimado pelos médicos que o atendem. O dr. Altmann ficou satisfeito com o quadro revelado pelo piloto no último exame. “Ele está reagindo bem, mas temos de ser cautelosos para não colocar em risco a recuperação total”, avisou. Xandinho continua fazendo a sua parte. “Ainda temos mais uma semana antes da prova. Em termos de recuperação, é um período bastante razoável.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *