Stock: Xandinho vê vantagens no friozinho de Curitiba

Temperaturas amenas favorecem rendimento de pneus e motores.

As temperaturas amenas previstas para o final de semana devem melhorar o rendimento de pneus e motores da Stock Car no Autódromo Internacional de Curitiba – Pinhais. A expectativa otimista é do piloto paulista Xandinho Negrão, que chegou nesta quinta-feira à capital paranaense para a segunda etapa da temporada e encontrou o termômetro sempre abaixo dos 18 graus. De acordo com a meteorologia, o tempo permanecerá encoberto nos próximos dias, mas a possibilidade de chuva é remota.
Xandinho abriu a temporada com o 15º lugar em Interlagos. Em São Paulo, no entanto, foi derrubado pelo furo do pneu traseiro direito na penúltima volta e obrigado a uma parada extra para troca quando ocupava a 7ª posição. “Aqui, a tendência é tanto do aumento da durabilidade como do ganho em velocidade, por causa da pista mais fresca. Em Interlagos, o pico de performance dos pneus novos era na primeira volta. Desta vez pode ser até que seja possível completar uma segunda, se a temperatura cair um pouco mais”, afirmou o piloto da Equipe Medley.
Temperaturas mais baixas têm outras vantagens, aponta Xandinho. “O motor funciona melhor com ar mais frio. O calor elevado chega a reduzir a potência, sem contar a perda de aderência dos pneus no asfalto mais quente. E tem também o lado do piloto, que se sente muito mais confortável numa condição de tempo como a que estamos enfrentando em Curitiba”, acrescentou. Se a passagem da primeira frente fria de origem polar do outono ainda não provocou ranger de dentes em Curitiba, ao menos obrigou os pilotos a retirar os agasalhos do armário.
Os pilotos das duas equipes dirigidas tecnicamente por Andreas Mattheis reuniram-se nesta tarde para o rotineiro briefing técnico que antecede à abertura da pista. “Vamos sair com duas opções de acerto, uma para cada dupla de pilotos. Como temos pouco tempo de treinos livres, contar com quatro carros é uma ajuda e tanto. O fluxo de informações é muito mais rápido do que na maioria das equipes”, destacou Xandinho.
Os ensaios serão abertos às 11h40. Ao todo, serão duas sessões de 40 minutos para cada um dos dois grupos de 17 carros, sempre com limite de 16 voltas por piloto. As três tomadas classificatórias estão marcadas para sábado, com início às 11h20. Domingo, a largada será autorizada às 11 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *