Super Clio: João Campos tenta recuperação e vitória na última rodada dupla

Quarto na tabela de classificação, piloto gaúcho prevê corridas marcadas pelo equilíbrio em Interlagos no sábado e no domingo.

A primeira temporada do Campeonato Brasileiro de Renault Super Clio chega ao fim com a quarta e última rodada dupla. As sétima e oitava etapas serão disputadas sábado (25) e domingo (26) no autódromo paulista de Interlagos, para que se defina o primeiro campeão da história da categoria. O favoritismo ao título é do paranaense Wagner Ebrahim, que tem duas vitórias e só depende de um segundo lugar para comemorar a conquista.


Se Ebrahim, com 28 pontos de vantagem para o vice-líder paulista Aldo Piedade Júnior, é o mais cotado ao título, há uma relação extensa de pilotos com boas chances de vitória na rodada dupla paulistas. “Vão ser duas corridas muito equilibradas. Pouca gente tem chance de pensar no campeonato e todos querem fechar o ano com vitória ou com bons resultados”, opina o gaúcho João Campos, quarto colocado na classificação da Super Clio.


Para Campos, que ostenta no carro número 3 as logomarcas de Cortiana Plásticos e Tecnovidro, o momento é de reação. “Eu enfrentei problemas nas duas primeiras etapas, isso foi crucial para que eu estivesse fora da briga pelo título. O objetivo para Interlagos é tentar terminar as provas entre os três primeiros, quem sabe até chegar à primeira vitória. Vim para cá para tentar terminar o campeonato entre os três primeiros, um vice também não é impossível”, considera.


Nessas duas últimas corridas do ano, Campos estará competindo pela Gramacho Racing. A corrida deste sábado terá largada às 16h15. O canal SporTV e a Rede Bandeirantes anunciam a transmissão ao vivo da corrida de domingo, que terá largada às 13h.


A duas corridas do encerramento da temporada, a Super Clio tem a seguinte classificação:
 
1º) Wagner Ebrahim (PR), 104
2º) Aldo Piedade Júnior (SP), 76
3º) Rafael Sperafico (PR), 75
4º) João Campos (RS), 58
5º) Elias Júnior (RJ), 57
6º) Allam Khodair (SP), 29
7º) André Bragantini Júnior (SP), 26
7º) Marcos Paioli (SP), 26
9º) André Sousa (SP), 17
9º) André Carreira (SP), 17
9º) Peter Gottschalk (SP), 17
12º) Luiz Frediani Júnior (SP), 16
13º) Fábio Carreira (SP), 14
14º) Douglas Pierosan (PR), 12
15º) Fábio Brecailo (PR), 9
16º) Marcelo Siqueira (MS), 8
16º) Alan Hellmeister (SP), 8
16º) Carlos Iaconelli (SP), 8
19º) Felipe Costa (PR), 3
19º) Afonso Rangel (PR), 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *