Super GT: João Paulo de Oliveira mantém liderança após corrida na Malásia

Brasileiro chegou em quinto lugar na desgastante prova de Sepang.

Com a quinta colocação na corrida deste domingo (21/06) em Sepang, na Malásia, o brasileiro João Paulo de Oliveira manteve a liderança do Campeonato Japonês de Super GT, principal competição de carros esportivos do Oriente. “Estamos satisfeitos porque ampliamos a liderança em um ponto, e esse era o nosso objetivo”, explica o piloto da Nissan. Ele e seu companheiro Seiji Ara (JAP) somam 37 pontos, dois a mais do que os vice-líderes Andre Loterer (ALE)/Jyuichi Wakisaka (JAP).

A vitória ficou com a dupla Ronnie Quintarelli (ITA)/Hironobu Yasuda (JAP). O resultado mostra a grande competitividade da Super GT em 2009, que teve quatro vencedores diferentes em nas quatro primeiras etapas. “Tivemos uma boa corrida hoje. Na largada e no começo da prova ganhamos muitas posições. Ao final da segunda volta eu já estava em terceiro”, conta João Paulo, que largou em sétimo.

João Paulo se manteve próximo dos dois líderes durante boa parte de sua passagem ao volante de seu Nissan GT-R. Mas em suas voltas finais, começou a perder um pouco de rendimento. “Depois umas 15 voltas eu comecei a perder um pouco do ritmo por conta do desgaste dos pneus. Mesmo assim mantive a terceira posição ate meu pitstop na volta 20”, explica.

Após a troca de pilotos, a equipe decidiu alterar a estratégia. “Decidimos colocar pneus mais duros no carro e meu companheiro foi até o fim da corrida sem fazer nenhuma outra parada”, afirma JP, como ele é conhecido no Oriente. “A quinta colocação foi muito boa e nos deixou muito bemno campeonato. Tivemos um fim de semana positivo”, conclui.

Assim terminou o GP da Malásia:

1) Ronnie Quintarelli (ITA)/Hironobu Yasuda (JAP), Nissan GT-R (M), 54 voltas em 1h52min02s010;
2) Toshihiro Kaneishi (JAP)/Koudai Tsukakoshi (JAP), Honda NSX (B), a 11s494;
3) Ralph Firman (GBR)/Takuya Izawa (JAP), Honda NSX (B), a 16s206;
4) Yuji Ide (JAP)/Shinya Hosokawa (JAP), Honda NSX (B), a 16s565;
5) João Paulo de Oliveira (BRA)/Seiji Ara (JAP), Nissan GT-R (Y), a 34s789;
6) Andre Lotterer (ALE)/Jyuichi Wakisaka (JAP), Lexus SC 430 (B), a 35s115;
7) Sebastian Philippe (FRA)/Tsugio Matsuda (JAP), Nissan GT-R (B), a 40s163;
8) Benoit Treluyer (FRA)/Satoshi Motoyama (JAP), Nissan GT-R (B), a 40s397;
9) Hiroaki Ishiura (JAP)/Kazuya Oshima (JAP), Lexus SC 430 (B), a 1min23s099;
10) Richard Lyons (IRL)/Yuji Tachikawa (JAP), Lexus SC 430 (B), a 2min01s676;

Assim está a Super GT após quatro etapas:

1) João Paulo de Oliveira (BRA)/Seiji Ara (JAP), Nissan GT-R (Y), 37;
2) Andre Loterer (ALE)/Jyuichi Wakisaka (JAP), Lexus SC430 (B), 35;
3) Ralph Firman (GBR)/Takuya Izawa (JAP), Honda NSX (B), 33;
4) Richard Lyons (IRL)/Yuji Tachikawa (JAP), Lexus SC 430 (B), 28;
5) Toshihiro Kaneishi (JAP)/Koudai Tsukakoshi (JAP), Honda NSX (B), 26;
6) Ronnie Quintarelli (ITA)/Hironobu Yasuda (JAP), Nissan GT-R (M), 24;
7) Benoit Treluyer (FRA)/Satoshi Motoyama (JAP), Nissan GT-R (B), 23;
7) Sebastian Philippe (FRA)/Matsuda Tsugio (JAP), Nissan GT-R (B), 23;
9) Ryo Michigami (JAP)/Takashi Kogure (JAP), Honda NSX (B), 21;
10) Bjorn Wirdheim (SUE)/Daisuke Ito (JAP), Lexus SC 430 (B), 14;
10) Hiroaki Ishiura (JAP)/Kazuya Oshima (JAP), Lexus SC 430 (B), 14;
12) Yuji Ide (JAP)/Shinya Hosokawa (JAP), Honda NSX (B), 11;
13) Loic Duval (FRA)/Yuki Nakayama (JAP), Honda NSX (D), 9;
14) Andre Couto (POR)/Hohei Hirate (JAP), Lexus SC430 (D), 2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *