F-São Paulo: Mesmo com problemas, Bruno Andrade vence pela quarta vez na temporada

Toque na largada complicou a prova, classificada pelo próprio piloto como uma das mais difíceis na categoria.

Bruno Andrade, paulista de 18 anos, vem sendo o grande nome da temporada 2009 da Fórmula São Paulo. Neste final de semana, em Interlagos, o piloto venceu pela quarta vez no ano – na sexta etapa da temporada – e ampliou ainda mais a sua vantagem na tabela de pontos.

Mas a corrida, dessa vez, não foi das mais fáceis. Ainda na largada, um toque durante uma disputa por posição acabou danificando o conjunto da roda traseira do piloto, mas não a ponto de tirá-lo da corrida.

“Recebi um toque ao tentar defender minha posição na primeira curva. Isso acabou tirando a roda do ângulo certo e também deve ter danificado o disco de freio, porque o carro ficou ruim nas freadas”, contou o piloto.

O destaque quando foi dada a luz verde foi Amorim Júnior. Da terceira posição no grid, o piloto fez uma grande largada para assumir a liderança – e se aproveitou da disputa entre Andrade e Arthur Gaggini, valendo a segunda posição, para abrir boa vantagem na frente.

Nessa disputa, Andrade ainda levou outro susto. Em uma tentativa de ultrapassagem pelo lado de fora da reta dos boxes, o piloto acabou passando reto na freada para o ‘S’ do Senna e por pouco não bateu na barreira de pneus. “Foi um susto enorme. Eu sabia que para passar o Arthur, teria que frear muito no limite. Tentei naquela volta e por pouco não bati”, lembrou Bruno.

Mas o piloto ainda teve tempo de voltar e recuperar terreno, se aproveitando da perda de rendimento dos dois carros que lideravam a prova. “Defendi minha posição o máximo que pude, mas chegou uma hora em que o Bruno estava mais rápido e acabou passando. No final meu câmbio ainda começou a fazer um barulho estranho nas reduções e eu tive de diminuir o ritmo para evitar uma quebra e terminar a prova”, contou Arthur Gaggini, que recebeu a bandeirada na segunda posição.

Já Amorim Júnior, que liderou a primeira metade da corrida, terminou em terceiro depois de danificar o bico do seu carro durante a tentativa de se defender dos ataques de Bruno Andrade. “Meu carro estava com um acerto de chassi muito bom, mas de motor ainda falta um pouco, principalmente para acompanhar o Bruno. Quando ele me ultrapassou, tentei frear no limite e acabei tocando no carro dele, mas foi algo normal de corrida”, disse Amorim. “No começo perdi bastante tempo porque um pedaço (do bico) estava arrastando no chão, mas aos poucos foi gastando e o carro ficou possível de guiar novamente, mas ainda assim eu perdia entre três e quatro décimos por volta”, explicou.

Com a vitória, Bruno ampliou sua vantagem de 19 para 27 pontos. Ele segue na liderança, agora com 98 pontos – contra 71 de Amorim Júnior, que vê Arthur Gaggini se aproximar na terceira colocação. Agora são apenas três pontos separando os pilotos que disputam a vice-liderança da Fórmula São Paulo. Confira como terminou a sexta etapa e quem são os seis primeiros na classificação:

Fórmula São Paulo – 6ª etapa – Resultado

1- Bruno Andrade
2- Arthur Gaggini
3- Amorim Júnior
4- Dieckle Icklis
5- Luiz Abbade
6- Michel Aboissa

Classificação do campeonato (extra-oficial)

1- Bruno Andrade, 98 pontos
2- Amorim Júnior, 71
3- Arthur Gaggini, 68
4- Leandro Florenzo, 42
5- Dieckle Icklis, 39
6- Luiz Abbade, 34

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *