Super Kart Brasil: Categoria terá corrida no dia 30 de janeiro em Interlagos

Competição criada por sete dos melhores pilotos de kart do Brasil em todos os tempos nasceu em novembro deste ano com grande sucesso no Velopark.

A segunda corrida do Super Kart Brasil, competição criada neste ano por sete dos melhores pilotos de kart brasileiros em todos os tempos, já tem data e local definidos para acontecer. Os promotores confirmaram nesta quarta-feira (8) a realização da segunda etapa da competição no Kartódromo de Interlagos, em São Paulo, em 30 de janeiro de 2011.

O evento marca a volta do tradicional circuito paulista ao calendário de uma competição de expressão nacional. Por isso, a segunda etapa do Super Kart Brasil teve apoio total da São Paulo Turismo, órgão da prefeitura municipal que responde pela administração do complexo de Interlagos.

Depois de estrear com grande sucesso no Velopark, no Rio Grande do Sul, a etapa paulista do Super Kart Brasil promete farta distribuição de prêmios; e já tem confirmada a participação do gaúcho César Ramos – vencedor da etapa inaugural do SKB – que na última quinta-feira testou um modelo de Fórmula 1 da equipe Ferrari como prêmio pela conquista do Campeonato Italiano de Fórmula 3.

“Correr em São Paulo representa um marco importante na curta história do SKB, já que confirma o objetivo da competição de promover o kartismo em seu grau máximo de performance. Interlagos é um circuito hoje muito pouco usado, mas tem um dos melhores, senão o melhor, traçado do país. E não poderíamos deixar de tê-lo em nosso calendário 2011”, declarou Ruben Carrapatoso, campeão mundial de kart e um dos sete promotores do evento.

Além de Carrapatoso, o Super Kart Brasil tem como organizadores os pilotos Paulo Carcasci, Danilo Dirani, Renato Russo, Dennis Dirani, André Nicastro e Sérgio Jimenez. Na primeira etapa a competição reuniu 33 pilotos, entre eles João Gonçalves, campeão mundial na categoria Biland, e João Jardim, vice-líder da Fórmula Future Fiat.

“O objetivo do nosso campeonato é voltar a desenvolver o kartismo de elite, que permita aos pilotos brasileiros serem competitivos em torneios internacionais. Por isso considero o SKB um complemento aos torneios que já existem, e com os quais queremos somar esforços para fortalecer a modalidade”, declarou Paulo Carcasci, sete vezes campeão brasileiro de kart.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *